AVENUE investe 150 milhões de euros em campus de escritórios em Lisboa

Por a 21 de Maio de 2018

Está avaliado em 150 milhões de euros o investimento estimado pelos promotores da AVENUE para a construção do EXEO Office Campus, um projecto de escritórios que procura, segundo os promotores da iniciativa, “colmatar a falta de oferta de qualidade dentro da cidade e oferecer um produto que responde à forma como se trabalha e se vive actualmente”.Numa nota de imprensa a que o CONSTRUIR teve acesso, a AVENUE revela que este projecto, que marca a estreia da empresa no segmento dos escritórios, “está em linha com a realidade do mercado de escritórios internacional, e tem todas as condições para ser o ponto de encontro tanto para grandes, como para pequenas empresas”.

previous arrow
next arrow
Slider

“O EXEO Office Campus procura oferecer espaços que promovam o equilíbrio e a convivência entre as empresas que procuram soluções mais convencionais, e entre as empresas com grandes exigências tecnológicas, cujos modelos de trabalho são flexíveis e apontam para realidades como o co-working – que se baseia na partilha de espaço e recursos, favorecendo o trabalho em equipa e a criatividade”, garante a empresa promotora do investimento.

Esta iniciativa contempla, além dos três edifícios que poderão receber perto de sete mil colaboradores distribuídos pelos 69 mil metros quadrados de área, 13 mil metros quadrados de jardins. O EXEO Office Campus pretende fomentar o equilíbrio entre a vida pessoal e a vida profissional, ao incluir num único espaço, zonas de trabalho e zonas públicas de jardins, comércio, serviços e lazer, para dar resposta às diversas necessidades do dia-a-dia dos novos “habitantes” do Parque das Nações.

O projecto é composto por três edifícios distintos, o AURA e o ECHO da autoria do gabinete de arquitectura Broadway Malyan e o LUMNIA, do gabinete Risco, que assina também o Masterplan. Todos os edifícios apresentam uma fachada moderna, com linhas contemporâneas onde prevalecem as fachadas em vidro com lâminas de ensombramento, com bastante luminosidade, transparência e vistas desafogadas. Os diferentes níveis de cada edifício criam movimento, existindo no topo de cada um deles, rooftops intimistas, com áreas de chillout, zonas para sentar ou trabalhar e recantos estrategicamente localizados para apreciar a Cidade.

Aniceto Viegas, director geral da AVENUE, justifica esta aposta, sublinhando que “o segmento dos escritórios tem actualmente um saldo negativo de 100 mil m2 de procura, uma taxa de ocupação baixa em Lisboa de 8,6% e quase nula no Parque das Nações, onde se regista 2.8%. O mercado criou poucos espaços de qualidade nos últimos anos e o EXEO Campus Office pretende responder a esta procura”.

EXEO Office Campus em números:
Área total: 69.000m2
Edifício AURA: 16,830 m2, 11 andares e 3 níveis subterrâneos de parque
Edifício LUMNIA: 30,500 m2, 8 andares e 2 níveis subterrâneos de parque
Edifício ECHO: 21,580 m2, 7 andares e dois níveis subterrâneos de parque
Capacidade: 7.000 colaboradores
Lugares estacionamento: 688
Lugares estacionamento para bicicletas: 176

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *