Exposição de Luís Ferreira Alves mostra reconversão da Casa da Arquitectura

Por a 21 de Maio de 2018

© Luís ferreira Alves

 

 A Galeria Municipal de Matosinhos acolhe a partir de sábado, 26 de Maio e até 22 de Setembro, a mais recente incursão do fotógrafo Luís Ferreira Alves – a exposição “Real Vinícola – Uma Reconversão” -, que segundo a Câmara Municipal de Matosinhos, “dá testemunho do processo que permitiu transformar a ruína do mais antigo edifício industrial de Matosinhos-Sul num equipamento cultural de referência, sede da Casa da Arquitectura-Centro Português de Arquitectura e da Orquestra Jazz de Matosinhos, recentemente distinguido com o Prémio Nacional de Requalificação Urbana”.
Luís Ferreira Alves acompanhou todo o processo de requalificação do antigo quarteirão da Avenida Menéres: “Fixou a ruína que existia em 2014, fotografou os trabalhos de construção civil e regressou no final da obra para captar a luz dos espaços projectados pelo arquitecto Guilherme Machado Vaz”, sublinha a autarquia.
O resultado deste trabalho, que partiu de uma encomenda da Câmara Municipal de Matosinhos, é uma exposição de trinta e duas fotografias, com curadoria de Guilherme Machado Vaz, e um catálogo bilingue que inclui textos do historiador Joel Cleto e dos arquitectos Álvaro Siza Vieira e Eduardo Souto de Moura.
Em nota de imprensa enviada ao CONSTRUIR, a Câmara de Matosinhos sublinha que a exposição “fixa para memória futura um dos maiores e mais ambiciosos projectos de requalificação urbana realizados em Portugal nos últimos anos, já nomeado para diversos prémios nacionais e internacionais”.
Luís Ferreira Alves nasceu em Valadares, Vila Nova de Gaia, em 1938. No início da década de 1980 passou a dedicar-se à fotografia de arquitectura, actividade que lhe valeu, em 2013, o título de Membro Honorário da Ordem dos Arquitectos.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *