EPAL lança concurso para conjunto edificado em Lisboa

Por a 8 de Junho de 2018
A EPAL – Empresa Portuguesa das Águas Livres, S.A lançou um Concurso Público de Concepção para a Elaboração do Projecto do conjunto edificado em Lisboa com a assessoria técnica da OASRS.

De acordo com a Secção Regional Sul da Ordem dos Arquitectos, “trata-se de um edifício, de usos mistos, a implantar num lote na Rua José Gomes Ferreira, junto às Amoreiras que deve oferecer uma solução que dignifique e resolva a malha urbana envolvente tornando-se numa referência arquitectónica da cidade num dos pontos mais nobres de entrada na mesma”. O prazo para entrega de propostas decorre até 21 de Agosto.

Em nota de imprensa enviada ao CONSTRUIR, a OASRS adianta que, o valor máximo para o custo global da intervenção, incluindo edifício e espaços exteriores, é de €16.800.000,00 (dezasseis milhões e oitocentos mil euros), excluindo o valor do IVA. Estão previstos três prémios: € 8 000,00 (oito mil euros) para o primeiro prémio, € 5 000,00 (cinco mil euros) para o segundo e € 3 000,00 (três mil euros) para o terceiro.

O júri é composto por Mário Cardoso, Arquitecto, indicado pela EPAL, que preside;  Luís Marçal, Arquitecto, indicado pela EPAL;
 Manuela Travanca, Engenheira, indicado pela EPAL; Carias de Sousa, Engenheiro, indicado pela Ordem dos Engenheiros; Cristina Veríssimo, Arquitecta, indicada pela Ordem dos Arquitectos Secção Regional Sul; André Godinho, Arquitecto, indicado pela EPAL (suplente) e Rodolfo Reis, Arquitecto, indicado pela Ordem dos Arquitectos Secção Regional Sul (suplente).

São critérios de selecção a integração na envolvente (50%), a adequabilidade ao programa funcional (25%) e a exequibilidade técnica e sustentabilidade da proposta (25%).

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *