Transacções em escritórios chegam aos 70 mil m2 desde Janeiro

Por a 18 de Junho de 2018


Até Maio do corrente ano a área de escritórios contratada apresenta um valor acumulado de quase 70 mil m2 transaccionados, encontrando-se 7% acima do registado no ano anterior na mesma altura.

Ainda assim, de acordo com a Savills Aguirre Newman a absorção registada só no mês de Maio, no mercado de Lisboa, registou um ligeiro abrandamento, com cerca de 8 400 m2 contratados.

“Cerca de metade da área contratada foi referente a um novo espaço de co-working, o LACS, criado na zona da Av. 24 de Julho. Esta é uma realidade que se tem vindo a verificar nos últimos meses no nosso mercado, já com empresas no mercado nomeadamente a IdeiaHub, Golden Hub e Regus. Desde o início de 2017, o mercado já absorveu mais de 13 500 m2 com este fim, sendo expectável que o investimento neste sector continue.”, refere Teresa Cachada, analista do Departamento de Consultoria da Savills Aguirre Newman.

Foram registadas nos primeiros cinco meses do ano 82 operações, menos 27 que em igual período do ano transacto, com o maior número de operações a verificar-se no Corredor Oeste (zona 6) com 22 transações ocorridas. No extremo oposto, encontramos a Zona 4, no eixo da Av. Infante Santo e Av. 24 de Julho, que totaliza apenas duas transacções de arrendamento de escritórios em 2018.

Analisando a distribuição geográfica dos m2 colocados, a Zona 3, referente ao eixo do Campo Grande à 2ª Circular, zona de Benfica, Praça de Espanha e Sete Rios, foi a que mais se destacou, tendo sido responsável por 14 616 m2, representando 21% da totalidade.

Foi também em Maio que se registaram as primeiras transacções do ano em edifícios novos, representadas por duas operações que totalizaram 5 757 m2.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *