Estratégia de Reabilitação em Viana do Castelo gera 60M€ de investimentos

Por a 12 de Julho de 2018

A política de incentivos à reabilitação urbana e de dinamização das Áreas de Reabilitação Urbana (ARUS) em Viana do Castelo permitiu gerar, entre 2014 e 2017, investimentos que ascendem aos 60 milhões de euros. Isto porque, nos três últimos anos, o investimento privado rondou os 40 milhões de euros e, em curso e até 2020, o Município de Viana do Castelo está a investir cerca de 20 milhões de euros.
Este é o principal resultado da acção efectuada esta quinta-feira sobre “Reabilitação Urbana em Viana do Castelo – Investimentos e instrumentos de financiamento” organizada pela Câmara Municipal, numa altura em que a implementação do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) está em plena execução. Neste plano, a autarquia está a investir 18,7 milhões de euros na reabilitação urbana de Viana do Castelo mas, fruto deste investimento, também os privados apresentam uma enorme dinâmica com valores a rondar os 40 milhões de euros.Também no que toca ao investimento privado, entre 2014 e 2017, a Câmara Municipal registou 1900 processos de obra para reabilitação urbana e, só ao longo do ano passado, o investimento privado em reabilitação urbana atingiu quase 20 milhões de euros no concelho, mais do que duplicando o investimento feito por privados no ano anterior, muito em parte graças aos incentivos para a Reabilitação de Imóveis para as áreas abrangidas pelos investimentos públicos, designadamente a isenção de IMI por um período de cinco anos, a isenção do IMT na primeira transmissão onerosa e Iva de 6% nas obras de reabilitação, que se encontram em vigor.De lembrar ainda que a Câmara Municipal está a investir, até 2020, no âmbito do PEDU, 20 milhões de euros em trinta diferentes projectos, cuja intervenção será focada nas ARUS.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *