Venda de “Malparado” pode superar os 5,2 MM€ até 2019

Por a 13 de Setembro de 2018

A venda de portfólios de  Crédito Malparado ou Non-Performing Loans (NPLs), na sigla inglesa, poderá  atingir, em Portugal, um volume superior a 5,2 mil milhões de euros, no acumulado de 2018 e 2019, de acordo com a Prime Yield na mais recente actualização do seu research “Investing in NPL in Portugal: The Time is Now!”.

O update de Outono deste boletim foi hoje divulgado em Londres, durante a maior conferência europeia sobre NPL – a “NPL Europe- Autumn 2018”, organizada pela Smith Novak -, onde a Prime Yield participou.

A empresa esteve representada na conferência por Nelson Rêgo, CEO da Prime Yield, que integrou o debate reservado ao mercado português, e também por José António Santos, director da Prime Yield no Brasil, que participou na sessão sobre o mercado brasileiro, para o qual a consultora preparou também o update do estudo especializado no Brasil, “NPL in Brazil – The next (emerging) hot market!”.

Ambos os estudos analisam o mercado de NPL nos respectivos países e o seu potencial de transacções, incluindo ainda uma perspectiva sobre a economia e sector imobiliário.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *