Concurso: Escola Frei Heitor Pinto da Covilhã vai ser recuperada

Por a 5 de Dezembro de 2018

Câmara da Covilhã

A Câmara da Covilhã está a promover um concurso público com vista à recuperação da Escola Frei Heitor Pinto, um investimento estimado em 2,6 milhões de euros.
Trata-se, de acordo com o executivo municipal liderado por Vítor Pereira, de um investimento que contempla trabalhos de reabilitação ao nível de isolamento, portas, coberturas, introdução de sistemas antifogo e demais condições de segurança, bem como questões de equipamentos para as salas e de sistema de climatização.
A iniciativa beirã agora promovida não é, contudo, a primeira do género. Há aproximadamente um ano foi lançado um concurso público com a mesma finalidade, uma iniciativa que viria a ser cancelada por alegadas “lacunas de projecto e lacunas processuais que tiveram de ser resolvidas”. A autarquia garante 7,5% do custo da obra e que o restante está assegurado no âmbito do Pacto Estratégico da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela. Na reunião de Câmara onde foi aprovada esta nova iniciativa, ficou claro por parte do executivo municipal que a empreitada é exclusivamente para a reabilitação, porque “o Ministério da Educação não deu abertura” para que pudesse ser realizada construção de novos edifícios, como, por exemplo, o pavilhão multiusos que minutos antes tinha sido reivindicado pelos alunos, numa intervenção feita no período de antes da ordem do dia.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *