Aprovação dos REIT’s “é medida muito bem-vinda e acertada”

Por a 11 de Janeiro de 2019


Aprovada em Conselho de Ministros esta quarta-feira, o novo regime dos “REITS à portuguesa” ou das SIGI (sociedades de investimento e gestão imobiliária), é uma “medida muito bem-vinda e acertada, canalizando investimento internacional à criação de mais oferta imobiliária hoje tão necessária no nosso País”, segundo a Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII).

“Há cerca de três a APPII foi a primeira entidade a manifestar-se a favor deste tipo de veículos e, desde então, tem sido das mais acérrimas defensoras da importação para Portugal deste tipo de veículo de investimento imobiliário, que são um comprovado caso de sucesso a nível mundial e que representa uma forma padronizada e internacionalmente aceite de investimento”, afirma Hugo Santos Ferreira, vice-presidente executivo da APPII.

Há muitas empresas e fundos internacionais dispostos a entrar em Portugal, mas que apenas investem em determinados modelos de veículos de investimento que conhecem e que por isso se sentem confortáveis, como é o casos dos REITs. “A aprovação do regime dos REITS ou das SIGIS era o sinal que faltava para eles entrarem no nosso País e aqui começarem a contribuir para a colocação de mais oferta”, reforçou Hugo Santos Ferreira.

Os REITS são veículos de investimento imobiliário de longo termo, não especulativos, sempre afectos, na sua maioria, a actividades imobiliárias de rendimento e, portanto, também ao arrendamento, seja habitacional ou não habitacional.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *