Gabriel Couto garante adjudicação das obras da Escola D. Dinis em Quarteira

Por a 15 de Fevereiro de 2019


A Gabriel Couto é a empresa escolhida para a execução dos trabalhos de construção da nova Escola Básica 2,3 D. Dinis, em Quarteira, uma intervenção avaliada em aproximadamente sete milhões de euros e cujo inicio está agora dependente do visto do Tribunal de Contas.
Esta não é a primeira vez que esta infra-estrutura, desenhada pelo atelier BeAbstract, é sujeita a um concurso público e também este não está “completo”. A Gabriel Couto vai ser responsável pelas obras da escola mas em Setembro será lançado novo procedimento para a construção do novo Pavilhão Gimnodesportivo de Quarteira, a construir na parte traseira do estabelecimento de ensino e que neste concurso acabou por não receber qualquer proposta. A autarquia já tinha adjudicado a obra da escola em Dezembro de 2017, por 4,8 milhões de euros, mas o empreiteiro que ganhou o concurso desistiu, alegando que os preços de mercado tinham disparado.
O projecto para a Escola D. Dinis representa uma estrutura a nascer de raíz que vai manter apenas a localização de parte da actual infra-estrutura.
A entrada terá um amplo átrio. Do lado esquerdo, estarão os espaços administrativos. Já o lado direito albergará as duas alas com salas de aula e um Centro de Recursos. Na zona de recepção, haverá quatro elementos com imagens da antiga escola para se perpetuar a memória daquilo que foi aquele espaço.
A construtora Gabriel Couto explica que o projecto de requalificação prevê adequar o número de salas de aula à actual população escolar, resultando num total de 33 espaços, repartidos por 24 salas de aula, duas salas de EVT, uma sala de ET, dois laboratórios, duas salas de TIC e duas salas de música.
O projecto tem a assinatura do arquitecto Pedro Mendonça, que, citado pelo jornal Sul Informação, considera que “a sua viabilização reflecte uma postura de excelência de todo um município e de toda uma região com o intuito de promover o desenvolvimento e consolidação de saberes, permitindo uma maior motivação aos profissionais e aos alunos”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *