Civilria investe 60 M€ no ICON Offices

Por a 11 de Março de 2019

A Civilria, grupo familiar de capital 100% nacional, vai iniciar a construção de um emblemático empreendimento, o projecto ICON, na Boavista, no Porto.

Constituído por três edifícios, dois deles destinados a escritórios e um terceiro para serviced apartments, tem previsto um investimento total de 60 milhões de euros.

Os dois edifícios destinados a escritórios apresentam no total uma área de cerca de 24 mil m2. Um dos edifícios de escritórios será a futura sede no Porto da Ageas Seguros, um acordo assinado entre a Civilria e a seguradora do grupo Ageas.

O edifício de escritórios maior dimensão terá uma área de 12.791 m2, distribuídos por rés-do-chão, quatro pisos e duas caves de estacionamento. O segundo edifício de escritórios terá uma área de 11.645 m2, distribuídos por sete pisos, rés-do-chão e duas caves.

O edifício destinado a apartment service assenta no conceito de ‘build to rent’, que consiste na aquisição de fracções do imóvel para arrendamento.

Terá no total 176 apartamentos e tem previsto um conjunto de serviços de apoios permanentes, como recepção e lavandaria.

O projecto ICON encontra-se na fase final de licenciamento e tem o início da construção previsto para muito breve.

O novo empreendimento concebido e executado pela Civilria, apresenta um projecto de arquitectura moderno e vanguardista da autoria do arquitecto Luís Pedro Silva.

O projecto ICON fica instalado num terreno junto à VCI (Via de Cintura Interna), com a Via AEP, e vai permitir reconverter e dar nova vida a esta zona, localizado a poucos metros da Casa de Ramalde e da Zona Empresarial do Porto.

A construção do empreendimento compreende um conjunto de melhorias na qualidade dos acessos e no tratamento das vias, (tanto a partir da Rua Manuel Pinto de Azevedo, como da Travessa do Poeta e da Rua Direita de Francos).

O empreendimento fica rodeado por uma área de jardim, que inclui um lago, que ocupa uma área de oito mil m2. A diversidade de espécies que serão plantadas, a criação do lago e a qualidade do solo – que apresentam condições ideias para o crescimento de grandes árvores – enriquecerão o espaço desde a VCI ao início da Av. AEP, com benefício claro para da Área Empresarial de Ramalde.

A importância do empreendimento ICON para a cidade leva a Câmara Municipal do Porto a incluí-lo num conjunto restrito de projectos que vão ser apresentados no MIPIM 2019, que irá decorrer em Cannes, França, entre os dias 12 e 15 de Março.

Um comentário

  1. JOSE RAMOS

    5 de Junho de 2019 at 18:40

    O nosso país precisa de construçao e oxala ke seja por muito tempo

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *