Melom e Querido Mudei a Casa Obras crescem 34,3% em 2018

Por a 15 de Março de 2019

A comprovar a procura crescente de soluções profissionais de remodelação de imóveis nos últimos anos, em Portugal, a Melom e o Querido Mudei a Casa Obras fecharam mais um ano com crescimento da rede de franchising pelo país, na ordem dos 34,3%.

Um volume de negócios de 36 milhões de euros e a abertura de mais 50 novas unidades especializadas foi o balanço de 2018.

“Portugal sente cada vez maior segurança na decisão de avançar com obras de remodelação e essa confiança tem sido visível nos resultados que obtemos anualmente. Nestes últimos oito anos de operação, é com enorme satisfação que assistimos ao crescimento e consolidação da liderança da Melom e Querido Mudei a Casa Obras como primeira escolha na adjudicação de obras profissionais de remodelação de imóveis. O balanço é extremamente positivo e este crescimento tem-nos permitido não só acompanhar a evolução do mercado e novas tendências, como adaptar a nossa resposta para oferecemos sempre o melhor serviço, continuando a trabalhar para profissionalizar o País neste sector”, comenta João Carvalho, director-geral da MELOM.

Também, o número de pedidos de intervenção foi de 25.641, registando um aumento de 31,3%, acompanhado do também aumento de adjudicações concedidas à Melom e Querido Mudei a Casa Obras no ano passado.

No que diz respeito ao tipo de obra mais solicitado, a remodelação geral continua a dominar, seguindo-se os pedidos de intervenção de canalização que passaram a ocupar o segundo lugar no top de intervenções mais solicitadas à Melom e Querido Mudei a Casa Obras, registando um aumento significativo de 124,3% em 2018.

No ano passado, a facturação das duas insígnias foi novamente superior no Sul do País, a par do maior aumento no número de pedidos de obra no Norte do País (38,5%), números que reforçam novamente, a liderança das duas insígnias em todo o território nacional.

2018 foi também o ano de internacionalização da Melom, nomeadamente em Espanha. Na capital espanhola, onde conta já com 21 unidades franchisadas, sob a insígnia Melom Madrid, a empresa portuguesa aponta para continuar a crescer em direcção a regiões como Catalunha e Canárias, estimando alcançar as 200 unidades franchisadas em apenas cinco anos. Na capital, a previsão aponta para uma facturação de 50 milhões de euros até 2022.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *