Investimento imobiliário no Centro Histórico do Porto aumenta 24% em 2018

Por a 15 de Maio de 2019

DR


A transacção de imóveis no Centro Histórico do Porto (CHP) totalizou 146,9 milhões de euros em 2018, mais 24% do que os 118,9 milhões de euros contabilizados em 2017, ano em que tal montante apresentou um incremento de 19%.

O volume de investimento observado em 2018 corresponde à realização de 463 operações, igualmente em crescimento (+19%) face a 2017. Também o valor médio por transacção aumentou entre os dois anos, passando de 306,3 mil euros para 319,3 mil euros, conforme dados apurados pela Confidencial Imobiliário, que acompanha a dinâmica de transacções imobiliárias neste território.

Os quarteirões de Vitória/Taipas e São Bento/Sé concentraram a maior quota de investimento (37% cada, equivalente a cerca de 54 milhões de euros), ambos evidenciando um crescimento anual superior a 70%.

Já Mouzinho/Flores, que em 2017 era o principal destino de investimento no CHP (35% do total), perdeu dinâmica, registando uma queda de 18% no volume transaccionado e reduzindo a sua quota para 23% do total do mercado (equivalente a 34,2 milhões de euros).


A linha da Marginal do Douro registou a maior descida em termos de investimento, tendo agora uma quota de 2% do montante investido (em 2017 era de 12%), após uma queda de 75% nas transacções (de 13,9 para 3,44 milhões de euros).


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *