“El Corte Inglés” recupera projecto de loja na Boavista no Porto

Por a 5 de Julho de 2019

Não há prazos definidos mas há, pelo menos, a garantia do interesse em dar seguimento a um processo que se arrasta há longos anos: a cadeia de retalho “El Corte Inglés” vai recuperar o projecto de instalação de uma loja no Porto, mais concretamente junto à Rotunda da Boavista.

A garantia é dada pelo vereador da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente, que considera que “o projecto vai avançar em moldes interessantes para a cidade”. O autarca falava por ocasião da apresentação do estudo “Mercado Residencial no Porto”, promovido pela Avenue, em parceria com a Predibisa e a Câmara , acrescentando que “não faz sentido ter uma cratera na cidade”, referindo-se ao quarteirão da rotunda da Boavista, de que o grupo espanhol garantiu o direito de superfície por 99 anos.
Sem avançar pormenores sobre o projecto, Ricardo Valente admitiu que o complexo pode ter um perfil multifuncional e as obras deverão arrancar a curto prazo.

“É um grupo em processo de reestruturação, mas a experiência do El Corte Ingles em Portugal tem corrido muito bem, por isso vai avançar numa aposta que demonstra bem a qualidade e a atracção do Porto”, acrescentou o vereador, afirmando que do lado da cidade, a reacção “é agradecer (o investimento) e dar as boas vindas).


A concretizar-se o projecto, os espanhóis avançam finalmente com um empreendimento polémico que começou a ser pensado há 20 anos atrás, depois do El Corte Inglés ter garantido a opção de compra do terreno da antiga estação ferroviária da Boavista, junto ao local onde nasceu a estação de metro da Casa da Música e vai, agora, nascer uma nova linha de metro que liga a Rotunda da Boavista a S. Bento.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *