Capital sob gestão dos FII cai 0,3 por cento

Por a 14 de Setembro de 2006

O valor sob gestão dos fundos de investimento imobiliário (FII) atingiu os 8.816 milhões de euros em Agosto o que representou uma variação negativa de 0,3 por cento relativamente ao mês anterior.

A ESAF (Espirito Santo Activos Financeiros) deteve a maior quota de mercado com 16,1 por cento.

Em comunicado, a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) explica que foram constituídos dois novos fundos de investimento imobiliários fechados, o Viriatus, gerido pela FundBox e o Quinta da Ribeira, gerido pela GEF e dois fundos especiais de investimento imobiliário fechados, o Homeinvest e o Imopopular geridos pela Millennium BCP e pela Predifundos, respectivamente.


Os bens imóveis localizados em países da União Europeia correspondiam, em Agosto, a 95,6 por cento do total, superando os 8.424 milhões de euros (mais 0,2 por cento que no mês anterior).

A ESAF detinha a maior quota de mercado com 16,1 por cento seguida da Fundimo com 12,6 por cento e da BPN Imofundos, com 12,4 por cento.

Estas três sociedades geriam 41,1 por cento do património imobiliário detido por fundos, o que representa um grau de concentração superior ao verificado no mês de Julho (mais 0,1 por cento).

O valor gerido pelos 10 maiores fundos representava, no mês em análise, 53,8 por cento do total (mais 0,2 por cento face ao mês de Julho).