Resultado líquido da Cimpor melhora mas permanece negativo

Por a 27 de Novembro de 2014

O resultado líquido da Cimpor referente ao terceiro trimestre do ano permaneceu em terreno negativo, contudo, os 17,7 milhões de prejuízo, representam uma recuperação de 1,3% face aos 18 milhões negativos registados no mesmo período do ano passado.

A empresa registou um volume de negócios de 1,95 mil milhões de euros neste período, o que traduz uma quebra de 1,6% face aos 1,98 mil milhões relativos ao terceiro trimestre de 2013. O EBITDA também sofreu uma quebra – de 4,2% – face aos 481 milhões de euros do terceiro trimestre do ano transacto, cifrando-se agora nos 461 milhões de euros.

As vendas de cimento e de clínquer, contudo, registaram um crescimento homólogo de 8,2%, passando de 21 mil toneladas para quase 23 mil. No comunicado enviado à CMVM, a cimenteira destaca a “implementação dos planos de melhoria industrial e maior dinamismo comercial” em Moçambique e a melhoria do EBITDA, bem como a recuperação de mercado e quota local na África do Sul. Em Portugal e em Cabo Verde registou-se o crescimento de EBITDA, “apesar da retracção do mercado local”.


Relativamente ao Brasil, a empresa explica que o reforço da posição de mercado “requer custos logísticos e intervenções operacionais”, enquanto que, no Egipto, foi atingido um “recorde de vendas acumuladas a Setembro”.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *