Máquinas e equipamento eléctrico motivam estreitamento de relações entre empresas de Leiria e Argentina

Por a 21 de Outubro de 2015

A secretária-geral da Associação Empresarial da Região de Leiria (Nerlei) considerou esta quarta-feira que a Argentina poderá proporcionar ao tecido empresarial da região investimentos e uma maior internacionalização.
Neusa Magalhães esteve reunida com o embaixador da Argentina em Portugal e destacou a estabilidade política daquele país sul-americano, além do facto de esta ser a 27ª economia a nível Mundial e a terceira ao nível da América Latina depois de Brasil e México.
Segundo aquela responsável, “os sectores que mais oportunidades terão na Argentina são as máquinas e equipamentos, acessórios para automóveis, madeira, metais comuns, moldes e equipamento eléctrico”.
Neusa Magalhães adiantou que a associação empresarial, desde 2004, “apoia empresas na área da internacionalização em vários mercados mundiais, respondendo, não só, ao apelo das empresas, mas também, com uma atitude proactiva, procurando mercados que apresentem reais oportunidades de investimentos”.
“Temos desenvolvido missões empresariais e feiras internacionais, não apenas em projectos conjuntos com as empresas, como também ajudamos e apoiamos as empresas a apresentarem-se individualmente em certames e em deslocações de negócios”, acrescentou, acreditando que estas iniciativas “contribuíram grandemente para que as empresas associadas conseguissem ultrapassar as dificuldades que o mercado interno sofreu decorrentes da crise”.
O embaixador da Argentina em Lisboa, Jorge Argüello, salientou que o país é “indubitavelmente” uma oportunidade de negócio para as empresas de Leiria, notando que a Argentina “está em vésperas do início de um novo ciclo político e económico” e “este é um dos motivos pelos quais” aceitou o convite do presidente do município, Raul Castro.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *