Equipa coordenada por Vasco Rosa Tomás vence concurso “Duas Casas nas Ilhas Selvagens”

Por a 10 de Março de 2016

1o-premio-ev8987-02A equipa coordenada pelo arquitecto Vasco Rosa Tomás e composta pelos arquitectos estagiários Ana Pedro Ferreira, Pedro Maria Ribeiro e José Gustavo Freitas, foi a vencedora do concurso “Duas Casas nas Ilhas Selvagens”, lançado pela OASRS no âmbito da iniciativa “escolha arquitectura”.

Recorde-se que o concurso tinha como objectivo a concepção de duas casas para aquelas ilhas localizadas no arquipélago da Madeira, com o objectivo de debater e desenvolver um conceito de habitação que considerasse a realidade e as condicionantes intrínsecas destes lugares, nomeadamente a difícil acessibilidade, a salvaguarda do património natural, a integração na paisagem e a limitação dos meios de construção.

Segundo o júri, a resposta vencedora responde “eficazmente ao programa do parque natural, garantindo com o tempo, um carácter de ‘organismo endémico’. Apoderando-se da topografia, a casa cria uma forte atmosfera que tira partido da relação intensa entre a sua construção e os elementos naturais, o basalto, o mar e o céu”.

No concurso foi ainda distinguido com o 2º prémio a proposta do GGLL Atelier, coordenada por Ana Gabriela Bastos Gonçalves, e com o 3º prémio a proposta da autoria de Pedro Duarte Bento. O júri deliberou ainda atribuir uma menção honrosa ao trabalho da autoria de Marcelo Dantas + Laura Espejo, pela originalidade.


O concurso recebeu um total de 63 candidaturas.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *