Gama Omega é a solução da Geberit para casas de banho de reduzidas dimensões

Por a 11 de Outubro de 2016

As Soluções Geberit Omega constituimg_actuator_plate_omega60_width_475_height_250em  a nova gama de produtos embutidos para sanitas, que disponibilizam “maior versatilidade à casa de banho”.

Em comunicado de imprensa, a Geberit destaca que estas novas soluções tiram o “máximo proveito” dos espaços de casa de banho de reduizdas dimensões, proporcionando “um design e ambiente acolhedores”.

O novo autoclismo Geberit Omega foi “especialmente concebido para se adaptar a qualquer situação do edifício, em particular quando existe pouca altura disponível”. “Com 82 centímetros de altura, o autoclismo interior Geberit Omega é ideal para ser aplicado por baixo de uma janela ou sob tectos inclinados”, continua a marca.

Devido a esta solução, a Geberit possibilita a instalação da placa na parte frontal ou na parte superior do autoclismo de interior, de acordo com os “gostos e necessidades” dos utilizadores. A placa Geberit Omega20 dispõe de dois botões redondos, com um anel ao redor, e está disponível em seis cores, enquanto que a Geberit30, também disponível em seis cores, inclui uma versão com dois botões rectangulares que incorpora uma faixa horizontal “elegante” ou ainda uma versão com um botão para a descarga com interrupção. O Geberit Omega60 consiste no modelo “mais sofisticado, uma vez que a sua superfície fica nevilada ao revestimento da parede e não se projecta, encaixando-se perfeitamente com os acessórios de qualquer casa de banho”.

Além da sua componente estética, a placa de descarga desta gama “economiza na factura da água” e permite a descarga de interrupção ou a dupla descarga (ajustável até 3 litros de água para a descarga média e 4,5 ou 6 litros no caso de descarga completa).

“Através do orifício onde é colocada a placa, tem-se acesso aos mecanismos que fazem descarga de água de forma silenciosa e segura, de modo que a manutenção do autoclismo de interior Geberit é muito fácil”, destaca a empresa, explicando ainda que este autoclismo é “moldado numa única peça”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *