Trienal de Lisboa recebe ALA e AOR Architects

Por a 29 de Março de 2018

AOR Architects, Monio High School and Community Centre

No próximo dia 11 de Abril, a sede da Trienal de Arquitectura de Lisboa – o Palácio Sinel de Cordes, em Lisboa -, recebe dois ateliers, de duas gerações diferentes, que desenvolvem o seu trabalho em contexto Finlandês, “um país com um Índice de Desenvolvimento Humano (HDI – Human Development Index) muito alto, ocupando a posição número 23 no ranking mundial”, refere a Trienal de Lisboa. Erkko Aarti, sócio fundador, apresentará o trabalho da AOR Architects, e Antti Nousjoki, mostrará as obras dos ALA Architects. A conversa será moderada por Paula Melâneo, editora-chefe do J—A Jornal Arquitectos.

“Há 10 anos atrás, o atelier ALA Architects representava a nova e promissora geração de arquitectos finlandeses, hoje o atelier AOR é quem representa as práticas emergentes”, comenta a Trienal de Arquitectura de Lisboa, na apresentação da conferência.

No website, a mesma fonte explica ainda que, “os ALA Architects estabeleceram-se com trabalhos importantes como o Centro de Artes Performativas Kilden, na Noruega, ou a mais recente Biblioteca Central de Helsínquia (que abrirá as portas em Dezembro de 2018 e será um dos projectos apresentados no Pavilhão Finlandês na Bienal de Veneza deste ano)”.


“Os AOR têm uma forte componente de pesquisa sobre ambientes de aprendizagem, explorados em diversos projectos de escolas finlandesas, como por exemplo, a maior escola feita em blocos de madeira maciça, na área de Tuusula, com 11.000 m2”.

Nesta conferência, vão ser dadas a conhecer as especificidades de cada prática, alguns dos desafios do quotidiano de atelier e as estratégias que têm adoptado na concepção e construção da sua obra.

 


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *