Rem Koolhaas vai encerrar World Architecture Festival

Por a 5 de Setembro de 2018

O arquitecto holandês e fundador do Office for Metropolitan Architecture (OMA), Rem Koolhaas, fará o discurso de encerramento do World Architecture Festival (WAF), em Amsterdão, Holanda, a 30 de Novembro, no seguimento de um conjunto de palestras dadas por ilustres oradores, como David Adjaye, Francine Houben e Sir Peter Cook, entre outros.

Segundo a organização do Festival, o programa aproveita o facto de estar em Amesterdão para discutir – com os diversos oradores – a transformação da cidade e o papel da arquitectura nesse contexto. De salientar que, para além da presença de arquitectos e designers reconhecidos pelas suas práticas a nível internacional, o Festival conta também com a presença de responsáveis das principais instituições de ensino, de media e de planeamento urbano.

O programa deste ano responde ao tema do Festival – “Identidade” – e inclui discursos, discussões e debates sobre o relacionamento complexo e profundamente enraizado entre a arquitectura, o design e a identidade. As várias apresentações e conferências, vão “analisar como a arquitectura pode expressar identidade pessoal, comunitária, cívica e nacional, mas também como os edifícios e lugares precisam de lidar cada vez mais com questões de identidade étnica ou de género”, explica a organização do WAF.

Paul Finch, director do programa do WAF, comenta: “Estamos muito felizes por Rem Koolhaas ter-se juntado à nossa lista já extensa de oradores deste ano. Esta é a primeira vez que vamos ter o WAF na capital holandesa e Rem Koolhaas e os seus contemporâneos lideraram a inovação arquitectónica que foi exportada e abraçada ao redor do mundo. Os participantes do WAF 2018 podem esperar uma ampla selecção de arquitectos, designers, engenheiros, académicos e urbanistas”.

Shortlist com gabinetes portugueses

Recorde-se que, a Capela de Nossa Senhora de Fátima, localizada no concelho de Idanha-a-Nova e da autoria do gabinete Plano Humano, a Douro Valley House, em Marco de Canaveses, da autoria de MJARC Arquitectos Associados, o edifício Metamorphosis, sede para África da construtora portuguesa Conduril, construído em Luanda, da autoria do gabinete Segmento Urbano e a House in Fuzeta, da autoria de Miguel Arruda, estão entre os projectos seleccionados para a shortlist dos Prémios do World Architecture Festival (WAF) 2018. O evento internacional de arquitectura, decorre de 28 a 30 de Novembro.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *