Valor de arrendamento a estudantes aumenta 8,6% em Lisboa

Por a 27 de Fevereiro de 2019


De acordo com a plataforma online para alojamento de médio e longo prazo, Uniplaces, em 2018, o valor médio da renda em Lisboa de um quarto privado em casa partilhada foi de 377 euros, o que reflecte uma subida de 8,6% em comparação com a mesma modalidade de arrendamento nesta cidade em 2017. Cerca de 81% dos estudantes optaram por arrendar quarto privado em casa partilhada, com 18% a optar pelo arrendamento de uma propriedade completa. A opção de cama em quarto partilhado continua a ser residual (1%). Ainda assim, a capital continua a ser a cidade mais procurada pelos estudantes na plataforma.

No Porto, o valor médio de arrendamento de quarto privado em casa partilhada foi de 287 euros, número que se traduz num aumento de 33 euros face ao ano anterior. Continua a ser mais barato estudar a norte do país, pelo que a parcela de estudantes que opta pelo arrendamento de casa completa sobe para 29%, com cerca de 69% dos estudantes a manter a preferência pelo arrendamento de quarto privado em casa partilhada.

Coimbra representa a zona do país onde o alojamento dirigido a estudantes é mais barato. O valor médio para o arrendamento de quarto privado em casa partilhada foi 200 euros em 2018, número que se manteve estável face aos dados do ano anterior. A maioria dos estudantes continuou a optar por esta modalidade de arrendamento (61%), com 39% a optar pelo arrendamento de casa completa.

Os dados da Uniplaces demonstram, ainda, que os estudantes internacionais representaram mais de 88% das reservas feitas em Portugal, percentagem que aumentou face ao ano anterior, com as nacionalidades brasileira, italiana e francesa a dominarem as reservas no nosso país.


Os números apresentados têm como base os contratos de arrendamento celebrados na plataforma e informações disponibilizadas pelos estudantes no momento das reservas, ao longo de 2018.

Através da Uniplaces foram reservadas mais de 3,5 milhões de noites – em todas as localizações onde a plataforma disponibiliza ofertas de alojamento, para estudantes de 165 nacionalidades que encontraram o alojamento ideal para a sua experiência de mobilidade, com uma duração média de estadia de cinco meses, o equivalente a um semestre.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *