Países lusófonos criam rede de Associações de Consultores e Projectistas

Por a 1 de Outubro de 2019


A nova Rede de Associações de Consultores no Espaço de Língua Portuguesa vai nascer no Porto, dia 18 de Outubro, no decorrer do seminário de balanço do “Projecto Engenharia e Arquitectura no Mundo”.

Portugal, através da Associação Portuguesa de Projectistas e Consultores (APPC) incentivou a criação de uma rede com representantes de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste, com o objectivo de potenciar a partilha de experiências e desenvolver o espírito de parceria.

No seminário, além da assinatura do acordo, vai haver espaço para que os representantes dos países integrantes no projecto façam a sinopse dos seus mercados, bem como o ponto de situação da implementação do projecto nos seus países. O evento contará igualmente com a apresentação do estudo de mercado sobre o mercado mexicano, bem como das fichas dos mercados argentino, colombiano, marroquino e peruano.

“O mundo lusófono da consultoria de engenharia, arquitectura e ambiente vai estar, pela primeira vez, junto, numa rede que servirá para que as empresas destes sete mercados possam aprender umas com as outras, ajudando-as a evoluir e sobretudo para que, em conjunto, possam detectar oportunidades de crescimento” afirma Jorge Meneses, presidente da APPC.

“Este era um sonho antigo que agora se cumpre com a criação da rede e de uma plataforma electrónica própria que servirá para a partilha de conhecimento e de informações relevantes”, conclui.

Cofinanciado no âmbito do Compete 2020, este projecto visa apoiar a internacionalização do sector empresarial da consultoria de engenharia, arquitectura e ambiente, através da capacitação das pequenas e médias empresas (PME), para aumentar as exportações de serviços e, simultaneamente, aumentar a notoriedade do sector no exterior.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *