Não sabe que isolamento escolher para o seu projeto?

Por a 3 de Outubro de 2019

Quando começa a projetar um edifício não pensa logo no isolamento térmico. Provavelmente pensa na funcionalidade, na distribuição do espaço, na arquitetura, na estética…muito depois depara-se com a seleção de alguns materiais que à primeira vista não são tão relevantes.

Esta preocupação numa fase mais avançada do projeto é normal, mas se pensar que desde muito cedo é necessário definir espessuras de isolamento térmico e cotas, é preciso desde logo tomar algumas decisões. Aqui começam as perguntas? Qual o isolamento que devemos usar? Quais as exigências deste elemento construtivo em particular? A localização da obra influencia a escolha do isolamento aselecionar? Trata-se de um projeto de obra nova ou reabilitação? O tipo de construção e funcionalidade do edifício influenciam a escolha do isolamento térmico?

Podia continuar este artigo com inúmeras perguntas que inevitavelmente surgem duranteesta fase do projeto. Mas para poder ser feita uma seleção rigorosa do isolamento é fundamental, antes de mais, conhecer as características mais relevantes de cada um deles.

Porque, como dissemos no artigo anterior (Não há materiais perfeitos, mas quase…conhece a lã mineral?). Não há materiais perfeitos. Mas quase!

 

Devemos sempre avaliar os materiais de acordo com o elemento construtivos que estamos a projetar, ou seja as exigências técnicas de um isolamento térmico numa cobertura plana invertida são diferentes de numa parede isolada com sistema ETICS.

Por outro lado, há locais e elementos construtivos onde é fundamental que o isolamento térmico seja também acústico. Por exemplo em tetos falsos (abaixo da cobertura) de zonas de lazer.

Por que cada situação requer uma análise própria e um material adequado é muito importante conhecer bem os materiais e as suas características, para que seja possível a escolha acertada.

Mas há materiais que abrangem um maior intervalo de aplicações, ou seja, pelas suascaracterísticas adaptam-se a mais elementos construtivos e às suas diferentes exigências. A lã mineral é um deles.

Para além de ser um ótimoisolamento térmico, possui a capacidade de resistir ao fogo, sendo mesmo incombustível, e é um excelente isolamento acústico.


Assim, apenas com um material é possível resolver vários problemas críticos na construção atual. É muito versátil e adapta-se a várias aplicações já que pode ser fornecido em rolo ou em painel e é muito fácil de aplicar e manusear.

Mas as vantagens continuam…

É um produto feito à base de areia, um recurso natural abundante, e a sua produção está otimizada para minimizar qualquer impacto ambiental. Um camião de areia dá origem a 100 camiões de lã mineral.

A sua composição permite garantir que não polui o ar interior, ou seja não prejudica o ar que é respirado e por isso contribui para a saúde do edifício e das pessoas.

É ainda possível completar o ciclo de vida do produto com a sua reciclagem.

Também não podemos esquecer que um facto de decisão é a certificação do produto. Hoje, não faz qualquer sentido especificar produtos não certificados, aliás a marcação CE é obrigatória. Por outro lado, deve também considerar-se a escolha de produtos nacionais, até porque Portugal tem hoje uma indústria capaz de dar resposta às mais elevadas solicitações. Com isto é possível potenciar a económica nacional e ainda reduzir a pegada ecológica associada ao transporte dos materiais da fábrica até à obra.

Considerando todos estes fatores, é possível tomar uma decisão mais consciente na hora de escolher o isolamento térmico.

Mas se ainda em dúvidas? Subscreva a nossa newsletter e saiba mais sobre este e outros assuntos relacionados com os edifícios.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *