Estão abertas as candidaturas para a 12ª edição do Prémio Vilalva

Por a 10 de Outubro de 2019

O Prémio Maria Tereza e Vasco Vilalva, organizado pela Fundação Calouste Gulbenkian, tem o valor de 50 mil euros e visa distinguir projectos de excelência na área da conservação, recuperação, valorização ou divulgação do Património português, imóvel ou móvel. As candidaturas da 12ª edição terminam a 16 de Dezembro e dizem  respeito a projectos de 2018.

As candidaturas, em seis exemplares, poderão ser apresentadas relativamente a projectos de intervenção, a intervenções em curso ou a intervenções concluídas no ano a que se reporta o Prémio.

Na edição anterior o primeiro prémio foi atribuído à recuperação do edifício da Cerâmica Antiga de Coimbra.

Em homenagem a Vasco Vilalva, mecenas a quem o país muito deve na área da recuperação e da valorização do Património, a Fundação Calouste Gulbenkian decidiu criar um prémio anual com o seu nome, atribuído pela primeira vez em 2007, destinado a assinalar intervenções exemplares em bens móveis e imóveis de valor cultural que estimulem a preservação e a recuperação do Património. Após a morte da Condessa de Vilalva, em 2017, o Prémio recebeu o nome de Maria Tereza e Vasco Vilalva.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *