Grupo Airbus investe 40M€ na construção de fábrica em Santo Tirso

Por a 29 de Outubro de 2019

A Stelia Aerospace, do Grupo Airbus, vai investir 40 milhões de euros nos trabalhos de construção de uma unidade fabril em Santo Tirso, um investimento que deverá estar concluído em 2021 e que deverá representar a criação de 240 postos de trabalho.

O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara de Santo Tirso que adianta tratar-se “de um dos maiores e mais importantes investimentos de sempre no concelho”. O município liderado por Alberto Costa adianta que a unidade industrial da empresa aeronáutica vai nascer na Zona Empresarial da Ermida, numa área de 72 mil metros quadrados.

Segundo Alberto Costa, este é “o resultado da estratégia que tem sido desenhada há vários anos e que tem passado pela captação de investimento para o Município”. Este processo em particular, explicou, “está a ser acompanhado pela Câmara e pelo Invest Santo Tirso desde Jjaneiro de 2019, em conjunto com a AICEP e o Governo”.


A nova unidade fabril será dedicada à assemblagem de estruturas para a parte dianteira dos aviões. Até 2021, altura em que irá entrar em funcionamento, serão criados 240 novos postos de trabalho, esperando-se que até 2023, momento em que deverá atingir a velocidade cruzeiro a nível produtivo, possa chegar aos 400 colaboradores. O CEO da STELIA Aerospace, Cédric Gautier justifica que a criação da nova unidade “faz parte integral da estratégia de optimização industrial (…), para aumentar o desempenho e desenvolver a competitividade global da empresa”.

“Estamos a falar de uma empresa altamente especializada, o que vai ao encontro, também, àquelas que são as expectativas da Câmara de Santo Tirso, de que seja criado emprego qualificado no Município”, advoga Alberto Costa. O presidente da autarquia acredita, ainda, que o investimento do grupo Airbus em Santo Tirso não será o único. “Como todos sabemos, nesta área é comum que outras empresas do cluster industrial se juntem e, por isso, esperamos que outros investimentos surjam”, refere.

Salientando que o investimento será considerado Projecto de Interesse Municipal, Alberto Costa aponta que a empresa irá beneficiar da redução de taxas, licenças e impostos por se instalar em Santo Tirso. “É este o caminho que temos percorrido com todas os novos investimentos no nosso Município. Só na Zona Empresarial da Ermida, nos últimos cinco anos, já tivemos um investimento na ordem dos 175 milhões”, alude o autarca. Em contrapartida, recorda, “a Câmara já investiu 3,6 milhões de euros naquela zona empresarial, quer ao nível de acessibilidades, quer ao nível de infraestruturas”.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *