Hotel Rural Casa do Rio vence PNAM’19

Por a 11 de Novembro de 2019


O Prémio Nacional de Arquitectura em Madeira (PNAM) distinguiu, na sua edição de 2019, o Hotel Rural Casa do Rio, localizado em Vila Nova de Foz Côa.

Com o projecto de Francisco Viera de Campos, do atelier Menos é Mais, o imóvel destinado a agroturismo foi construído em madeira num sistema modular. Quinze módulos com a dimensão de (6,60m x 3,30m), geram o contentor para os espaços necessários à sua funcionalidade e conforto interior. Os espaços exteriores, em forma de varandas e alpendres corridos garantem os acessos e as circulações, bem como, a protecção contra os raios solares e as intempéries. Por baixo, a suportar toda a construção em madeira, encontra-se um chassi metálico que se apoia em dois “pilares” que vencem um vão de 13m ao centro, e duas consolas simétricas de 6,60m de cada lado. Estes pilares, com espaço no interior, albergam todas as zonas técnicas e de serviços necessários.

Promovido pela Quinta do Vallado, a construção esteve a cargo de João Viega e a carpintaria da Rusticasa Construções. O Hotel Rural Casa do Rio já havia sido nomeado para os Mies van der Rohe Award 2019 e recebido o Melhor Projecto Privado, nos Prémios Construir 2018.

Organizado pela Associação das Indústrias de Madeira e Mobiliário de Portugal (AIMMP), Ordem dos Arquitectos (OA) e Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliário (CPCI), a 5ª Edição do PNAM’19 Prêmio Nacional de Arquitectura em Madeira vai premiar as melhores construções em madeira com carácter permanente, construídas no território continental português e ilhas. As obras deverão ser realizadas por arquitectos portugueses e concluídas entre 1 de Janeiro de 2017 e 31 de Dezembro 2018.


Foi ainda atribuída a Menção Honrosa “Afirmação da Madeira e/ou derivados na reabilitação” à Torre Sineira de Moncorvo, com projecto dos arquitectos  Carlos Antunes e Désirée Pedro.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *