Indaqua desafia sector para crescimento pela inovação

Por a 4 de Dezembro de 2019

A Indaqua promove na próxima sexta-feira o seminário ‘INOVAÇÃO 4.0 NO ADN DA INDAQUA, um evento que reúne especialistas do sector – do meio académico e empresarial -, para debater e partilhar boas práticas em inovação. A iniciativa, que decorre entre as 9h e as 18h, no Auditório Infante D. Henrique, na Marina de Leixões, em Leça da Palmeira, inclui ainda a apresentação de um conjunto de projectos inovadores desenvolvidos pela empresa, que revelam como o sector da água pode ser estratégico e acrescentar valor à economia nacional.

“Reforçar a importância da inovação no ADN das empresas e das sinergias que podem criar entre si, cruzando estratégias e conhecimento, de modo a promover a aceleração da mudança e impulsionar a competência de um sector que se pretende cada vez mais eficiente na gestão do abastecimento de águas e saneamento em Portugal é a grande ambição do encontro, como afirma Enrique Castiblanques, CEO da Indaqua, sublinhando que “esta aposta na inovação tem de ser conjunta e transversal para consolidar o papel de Portugal como referência global nestas matérias.”

Num sector tipicamente reactivo e pouco inovador, a Indaqua promove uma reflexão profunda sobre a urgência de uma estratégia nacional concertada, onde universidades, empresas e entidades gestoras se juntem e alinhem, no sentido de catalisar e impulsionar uma dinâmica inovadora, ao mesmo tempo que partilha casos de sucesso, que comprovam que é possível trazer valor ao mercado, não apenas com informação e inovação gerada dentro do sector como a partir do que de melhor se faz noutros domínios.

Entre as ideias em discussão contam-se ainda a importância de distinguir ‘Investigação e Desenvolvimento’ de ‘Inovação’, assim como o modo como cada uma destas disciplinas concorre para o desenvolvimento sectorial.

Para Castiblanques, “a Investigação e Desenvolvimento’ distingue-se claramente da ‘Inovação’, sendo que esta, não é um fim em si mesma. Com efeito, a ‘Investigação e Desenvolvimento’ geram conhecimento, ao qual a ‘Inovação’ aporta valor – o que se traduz numa gestão e desempenho mais eficientes, com ganhos para todos.’

A 4ª edição do seminário abre portas à partilha, convidando universidades, municípios, administração pública, empresas tecnológicas e entidades gestoras a, através do diálogo e da troca livre de ideias, compreender a importância de se alinharem, em prol de um objectivo comum, para acelerar a disseminação da relevância da inovação tecnológica transversal.

“Cabe-nos, a todos, procurar uma visão partilhada que nos faça crescer na era em que vivemos – a 4.0 -, para que, em conjunto, encontremos a equação que nos permita inovar, que torne clara o valor que aportamos para a gestão eficiente do setor e para o meio ambiente.”, reforça Enrique Castiblanques.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *