Candidaturas abertas para o Prémio André Jordan 2020

Por a 13 de Dezembro de 2019

O Prémio André Jordan é uma iniciativa bienal da Confidencial Imobiliário que decorre há já 10 anos, visando a promoção da realização de trabalhos de investigação sobre economia de imobiliário, e a subsequente disseminação desse conhecimento pelos profissionais do mercado. As candidaturas para 2020 já estão abertas e decorrem até dia 31 de Março, dirigidas a trabalhos concluídos nos anos 2018 e 2019.

Além de distinguir os melhores trabalhos de investigação académica relacionados com o mercado imobiliário e as cidades, o Prémio também promove a difusão desse conhecimento pelos profissionais do mercado. Este ano, volta a abranger áreas como a Economia e gestão imobiliária; Finanças, investigação e avaliação; Marketing e informação; Fiscalidade; Economia urbana; Planeamento e urbanismo; Sustentabilidade e ambiente; e Imobiliário e turismo do mercado.

“O Prémio André Jordan tem tido um efeito mobilizador junto do meio académico, batendo na Edição de 2018 um recorde de 43 candidaturas. Entre os estudos admitidos a concurso constam 15 Teses de Doutoramento e outros 15 Artigos Científicos, um volume que sinaliza a crescente motivação da comunidade de investigadores para partilhar o seu conhecimento com o mercado, fazendo-o através do Prémio”, explica Ricardo Guimarães, director da Confidencial Imobiliário. “Um traço que se consolida também é o da presença de universidades internacionais, desde Turim, Sevilha, Goiás ou Memphis, às quais se juntam o Instituto Universitário de Lisboa e as Universidades Católica, de Aveiro, de Coimbra, de Évora, de Lisboa, do Algarve, do Minho, do Porto, Fernando Pessoa, Lusófona e Nova de Lisboa”, conclui o responsável.

As categorias a concurso são os Doutoramentos e Artigos Científicos cujo vencedor recebe um prémio pecuniário de 7.500 euros, e as Dissertações de Mestrado, cujo vencedor recebe um prémio pecuniário de 1.000 euros. Um dos mais relevantes contributos do Prémio é o facto de em cada edição produzir uma publicação com versões síntese dos trabalhos premiados, a qual é distribuída gratuitamente pelos operadores do mercado, levando dessa forma o conhecimento a esses agentes, promovendo a interligação entre a ciência e a actividade económica. Os trabalhos premiados serão ainda publicados numa edição adaptada para distribuição pelos profissionais do mercado.

O júri do Prémio André Jordan 2020 é constituído por Augusto Mateus (Economista e Presidente do Júri); Gilberto Jordan (Gestor); José da Silva Costa (Prof. Catedrático FEP-UP); José Crespo de Carvalho (Prof. Catedrático Nova SBE); Francisco Rocha Antunes (RICS – Royal Institution of Chartered Survey) e Eduardo Abreu (ULI – Urban Land Institute).

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *