Signal Capital aumenta carteira de activos lusos

Por a 16 de Janeiro de 2020


A Signal Capital adquiriu o edifício de escritórios situado no nº5 da Rua D. Luís I em Lisboa. A operação de aquisição entre o antigo proprietário, o promotor francês WLA Properties, e a Square Asset Management (que representou a Signal neste negócio) contou ainda com a assessoria da consultora imobiliária CBRE.

A assessoria a esta transacção reflecte o nosso posicionamento junto dos clientes. Estamos presentes desde a fase de identificação do negócio à sua concretização, sem esquecer as fases subsequentes a uma aquisição desta natureza. Ou seja, neste processo faremos a assessoria à gestão do projecto de reabilitação do edifício e na identificação dos futuros ocupantes”, esclarece Miguel Paiva Couceiro, development director da CBRE.

Localizado na zona ribeirinha da cidade, a 100 metros do jardim D. Luís, o edifício de escritórios compreende uma área de 5500 m2 de ABC acima do solo e três caves, com 120 lugares de estacionamento. O edifício será agora alvo de reabilitação e tudo indica que permanecerá focado no segmento de escritórios. Em comunicado, a CBRE sublinha que esta transacção “vem contribuir para a consolidação desta zona de Lisboa como uma das mais activas e atractivas da cidade, onde uma forte componente turística se combina de forma natural com escritórios de última geração.” Oferecendo variadas amenities, a localização do edifício vai permitir ainda aos inquilinos usufruírem de alguns espaços de lazer mais trendy que têm surgido na zona.

Esta não é a primeira vez que a Signal Capital, uma empresa de gestão de activos sediada em Londres e focada em investimentos corporativos e imobiliários, investe em Portugal. O edifício do entreposto do Parque das Nações e vários empreendimentos da Quinta da Fonte, em Oeiras, fazem parte dos seus activos no mercado imobiliário nacional.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *