Belgas reforçam posição em Portugal com aquisição de 4 retails

Por a 27 de Janeiro de 2020


A Mitiska REIM adquiriu quatro retail parks em Portugal, num negócio que os responsáveis apelidam ser a “maior transacção do mercado de retail parks de Portugal”. O negócio foi fechado em Dezembro mas só hoje foi comunicada ao mercado, permanecendo o valor do mesmo “confidencial”.

O Alverca Park, Santarém Park, Aveiro Retail e Lima Retail Park que totalizam uma área comercial de 80 mil m2 faziam parte da carteira de activos dos norte americanos Blackstone e eram geridos pela MultiPortugal. Estes activos foram adquiridos pelos belgas da Mitiska REIM em representação do fundo First Retail International 2, especializado neste segmento de mercado e que detém em Portugal o Mondego Retail Park e o Focus Park Canidelo.

“Depois de termos em 2018 realizado a maior transacção da história dos centros comerciais em território nacional, realizámos, agora, a maior transaçcão do mercado de retail parks em Portugal”, avança Francisco Cavaleiro Ferreira, managing director da Multi Iberia.

Os activos agora adquiridos têm vindo ao longo dos últimos anos a aumentar os seus níveis de ocupação com entradas mais recentes de lojistas como a Leroy Merlin, a Sports Direct ou a Jysk, que se juntaram, entre outros, à Decathlon, Staples, Pingo Doce, Rádio Popular, etc..


“Estamos muito satisfeitos por ter participado na transacção deste portfólio que vem reforçar a confiança existente dos investidores estrangeiros no mercado de retail parks em Portugal”, sublinhou David Lopes, partner da Cushman & Wakefield, consultora que representou a Blackstone neste negócio. “O momento positivo que vive o mercado ocupacional foi um factor decisivo na captação de interesse por parte dos investidores”, assegura David Lopes.

Esta operação consolida a posição de liderança da Mitiska REIM no mercado. Os seus responsáveis não fecham a porta a novos investimentos em Portugal, quer através do desenvolvimento do portfólio existente quer através de novas oportunidades que possam surgir.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *