Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2020 com candidaturas até 17 de Fevereiro

Por a 7 de Fevereiro de 2020


A fase de candidaturas ao Prémio Nacional de Reabilitação Urbana 2020 irá estender-se até ao dia 17 de Fevereiro. Entre as intervenções que já formalizaram a sua candidatura incluem-se projectados situados em 11 concelhos de todo o país. Porto e Lisboa reúnem o maior número de candidaturas mas estão a concurso obras de reabilitação em Alcácer do Sal, Alenquer, Elvas, Guimarães, Gaia, Loulé, Oeiras e Santa Cruz (Madeira).

O Prémio Nacional de Reabilitação Urbana, uma organização da Vida Imobiliária e Premivi, com o Alto Patrocínio do Governo de Portugal, assinala este ano a sua 8ª edição. A iniciativa visa reconhecer a excelência e boas práticas na reabilitação urbana, tendo sido distinguidos, desde a sua primeira edição, 61 projectos.

Para a edição deste ano concorrem intervenções de reabilitação urbana em todo o país, concluídos entre 1 de Janeiro de 2018 e 31 de Dezembro de 2019, que não tenham concorrido em edições anteriores do prémio. Serão distinguidas as melhores intervenções em dez categorias: Cidade de Lisboa; Cidade do Porto; Impacto Social; Habitação; Turismo; Comércio & Serviços; Eficiência Energética; Reabilitação Estrutural; Restauro; e Intervenção inferior a 1000 m2.

Os projectos validados serão avaliados por um júri independente composto pelo economista João Duque, pelos arquitectos João Carlos Santos e João Santa Rita, e pelos engenheiros Vasco Peixoto de Freitas e Manuel Reis Campos.


Os vencedores serão conhecidos no início de Maio.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *