Exportações de Pedra Natural atingem máximos históricos

Por a 20 de Fevereiro de 2020


As exportações portuguesas de Pedra Natural em 2019 terão ultrapassado, pela primeira vez na sua história, a barreira dos 400 milhões de euros. A estimativa é feita pela Assimagra – Recursos Minerais de Portugal, com base nos dados referentes à execução de Novembro de 2019.

França, com uma quota de 22%, China com 19% e Espanha, com um peso de 10%, constituem os principais mercados do cluster. Mas do top de principais compradores fazem parte a Alemanha (6%), o Reino Unido (5%), os EUA (5%), a Arábia Saudita (3%), os Países Baixos (2%), a Suécia (2%) e a Bélgica (2%).
Importa referir que todos os principais destinos da pedra natural portuguesa apresentam variações positivas na valorização dos produtos, em particular os países baixos, com uma valorização de 62%, a Bélgica, com 22% e a China, com 7%.

O cluster português da Pedra Natural tem uma posição de destaque a nível mundial. É o 5º maior exportador de Ardósia, onde detém 4,9% da quota de mercado, ocupa a 6ª posição no ranking dos exportadores de mármore e calcário em bloco, detendo uma quota de mercado de 4,1%, e é o 7º nas exportações mundiais de mármores e calcários processados, com 2,1% do mercado.

Em Portugal as cerca de 2500 empresas que operam neste cluster, na sua maioria pequenas e médias empresas, empregam mais de 16 mil pessoas.



Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *