Martino Tattara abre Campo Comum no dia 18

Por a 4 de Março de 2020

Project for two social housing blocks in Aguascalientes (Mexico)

Campo Comum é o novo ciclo de conferências que junta a Trienal de Arquitectura de Lisboa e o CCB/Garagem Sul. Ao todo serão 12 as conferências pensadas a partir da convicção da dupla que a arquitectura deve ser compreendida como atitude estratégica em relação ao espaço e aos recursos. Comissariado por Diana Menino e Felipe de Ferrari, Campo Comum tem início a 18 de Março, no Centro Cultural de Belém. O primeiro convidado é Martino Tattara, co-fundador do atelier Dogma que vem a Lisboa falar de Um Olhar Sobre Novos Modelos Residenciais.

O arquitecto italiano apresenta as ideias do colectivo sobre a arquitectura como política, a cidade como projecto, e como é possível viver em comunidade, recorrendo a exemplos dos seus mais recentes projectos: uma cooperativa de habitação em Inglaterra, dois blocos de habitação social no México, entre outros projectos residenciais. Fundado em 2002, este atelier amplamente premiado tem uma reconhecida vocação para projectos urbanos, tendo-se dedicado nos últimos anos repensar a arquitectura do espaço doméstico. Vencedores do Prémio Iakv Chernikov, em 2006, já viram exposto o seu trabalho na Bienal de Arquitectura de Tallinn (2014), na HKW Berlim (2015), na Bienal de Veneza (2016), na Bienal de Arquitectura de Chicago (2017), e no London Design Museum (2018).


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *