Regeneração da rede hidrográfica abrange 1000 quilómetros de rios

Por a 10 de Março de 2020

Ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Pedro Matos Fernandes

Em Portugal os trabalhos de regeneração da rede hidrográfica abrangem cerca de 1000 quilómetros de rios e ribeiros. A informação foi dada pelo ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Pedro Matos Fernandes, em Águeda, no âmbito da visita aos trabalhos de regeneração do rio Cértima. Na ocasião, o ministro sublinhou ainda a importância de as autarquias impulsionarem este tipo de projectos, que contam com o apoio do Fundo Ambiental. “Foi fundamental que tenham sido as autarquias a assumir a obra e a vontade de o fazer em conjunto. Nós demos todo o apoio técnico e demos apoio financeiro, porque acreditamos que estas intervenções são certamente muito mais bem conseguidas se forem conduzidas ao nível local porque podem fazer o melhor acompanhamento da empreitada”, afirmou.

João Matos Fernandes referiu que estas recuperações são possíveis porque existe uma “maior disponibilidade e facilidade de gestão do Fundo Ambiental» e também um novo olhar das autarquias para os problemas ambientais, «porque os rios deixaram de ser as traseiras para ser o frontispício”.

As obras de regeneração do rio Cértima “são dez quilómetros, dos mil que estão a ser feitos pelo país fora, e isso aconteceu depois dos incêndios de 2017, em que se começou por intervir nos concelhos atingidos, reabilitando toda a rede hidrográfica, que é também uma excelente linha corta fogo”.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *