RECTIFICAÇÃO: UNESCO atribui à FAUP cátedra sobre o Património

Por a 29 de Junho de 2020

A UNESCO atribuiu à Universidade do Porto, através da Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP), a Cátedra “Património, Cidades e Paisagens. Gestão Sustentável, Conservação, Planeamento e Projeto”, coordenada pela professora Teresa Cunha Ferreira, em colaboração com o professor Rui Fernandes Póvoas.

A nova Cátedra, a primeira da Universidade do Porto na área do Património Cultural da UNESCO, resulta de uma exigente avaliação por uma equipa de peritos internacionais, após candidatura submetida pela FAUP, e terá como vertentes prioritárias de actuação o ensino e formação avançada, a investigação, a transferência de conhecimento e a cooperação internacional.

A atribuição desta Cátedra constitui, segundo a Universidade do Porto, “um importante reconhecimento do trabalho desenvolvido ao longo de vários anos na FAUP e no Centro de Estudos de Arquitectura e Urbanismo (CEAU) em prol da salvaguarda e valorização do património como um recurso e motor de desenvolvimento qualificado do território, das cidades e das paisagens”.

A Cátedra incidirá na gestão e conservação do património cultural, assim como nos processos de planeamento e de projeto, com o objetivo de promover uma intervenção contemporânea qualificada nos recursos patrimoniais.

“Trata-se não apenas da salvaguarda do património cultural, mas também de uma abordagem operativa na sua valorização e na construção de novos patrimónios, entendidos como vetor para o desenvolvimento sustentável das cidades, das paisagens e do território”, refere a equipa de coordenação. Afirma-se, assim, o contributo da disciplina da Arquitectura como potenciadora de cooperação interdisciplinar e da integração entre salvaguarda e desenvolvimento, através de uma abordagem crítica e qualificada (no ensino, na investigação e na prática) à temática da intervenção contemporânea sobre o património construído.

Em linha com os objetivos para o desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 da ONU, a Cátedra propõe-se desenvolver práticas inovadoras e sustentadas na gestão e valorização do património cultural como um recurso para o desenvolvimento.

A Cátedra tem também como objetivo apoiar a gestão e os novos processos de nomeação de sítios Património Mundial em Portugal e internacionalmente, nomeadamente no quadro da cooperação norte-sul, incluindo países com património de influência portuguesa (África, Ásia, América do Sul). O projeto pretende constituir-se como uma plataforma aberta à participação, colaborativa e dinamizadora de redes de cooperação em contexto nacional e internacional (ONGs, instituições de ensino superior, organismos públicos e privados, rede de Cátedras UNESCO, entre outras).

Esta Cátedra alinha-se com a estratégia da FAUP de diversificação da oferta formativa e consolidação de uma investigação científica de excelência, enquadradas em redes de colaboração nacional e internacional. Em simultâneo, vem dar continuidade à promoção de boas práticas de intervenção no património construído, desde logo reconhecível em obras de referência dos seus mestres, atualmente perpetuada – na pedagogia e na obra – pelos seus discípulos.

Nota de Rectificação:
Artigo rectificado às 11h15 para alteração do título. A UNESCO atribuiu à FAUP a cátedra e não à FEUP como inicialmente estava referido no título


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *