Edição digital
Assine já
Imobiliário

Madeira e Açores atraem cada vez mais estrangeiros para residir

“Grande parte dos nossos clientes, mais de 35%, é proveniente dos EUA, seguidos pela Grã-Bretanha, com mais de 25%, que procuram viver uma reforma tranquila ou para passar, pelo menos, seis meses do ano” em Portugal”, indica Michael Vincent, ceo da Berkshire Hathaway HomeServices | Portugal Property

CONSTRUIR
Imobiliário

Madeira e Açores atraem cada vez mais estrangeiros para residir

“Grande parte dos nossos clientes, mais de 35%, é proveniente dos EUA, seguidos pela Grã-Bretanha, com mais de 25%, que procuram viver uma reforma tranquila ou para passar, pelo menos, seis meses do ano” em Portugal”, indica Michael Vincent, ceo da Berkshire Hathaway HomeServices | Portugal Property

CONSTRUIR
Sobre o autor
CONSTRUIR
Artigos relacionados
Nhood Portugal comercializa mais de 100 lojas em 2022
Imobiliário
Covilhã recebe congresso ‘Cirmare 2023’
Empresas
CBRE reforça áreas de marketing com duas novas contratações
Imobiliário
Zome debate Habitação & Mediação
Imobiliário
Coimbra é a próxima paragem da iad Open Session Tour
Imobiliário
Quadrante cria Centro de Excelência BIM
Engenharia
Grupo ACO marca presença na Smagua 2023
Empresas
Domes Lake Algarve reabre em Abril depois de renovação total
Imobiliário
Casais abre 103 vagas para reforçar equipas em Angola
Construção
Manitou Group e Kiloutou assinam parceria com impacto na sustentabilidade
Empresas

Os arquipélagos da Madeira e dos Açores são destinos de eleição para visitar e viver, mas também para investir. Ambas as regiões têm vindo a atrair atenções, de forma consistente, pela sua beleza natural, mas também pela sua localização estratégica, o que faz com que os respectivos mercados imobiliários se encontrem em franca expansão e com grande potencial de crescimento, como revela Michael Vincent, ceo da Berkshire Hathaway HomeServices | Portugal Property.

“As ilhas são um mercado privilegiado para o investimento imobiliário. A Berkshire Hathaway HomeServices | Portugal Property está presente na Madeira e está prestes a inaugurar o seu primeiro escritório nos Açores. A oportunidade de obter um Golden Visa, aliada à possibilidade de conseguir adquirir imóveis com preços competitivos proporcionam o ambiente ideal para investir, quer a título pessoal, quer comercial”, refere Michael Vincent.

“Actualmente, grande parte dos nossos clientes, mais de 35%, é proveniente dos EUA, seguidos pela Grã-Bretanha, com mais de 25%. Há cada vez mais olhos postos nos arquipélagos da Madeira e dos Açores que oferecem muitas vantagens para quem procura viver uma reforma tranquila ou para passar, pelo menos, seis meses do ano rodeado de sol, ar puro e natureza. O esquema NHR em vigor também é bastante atractivo para quem deseja passar mais tempo nestas regiões”, acrescenta.

Ao nível de faixas etárias e de perfis socioprofissionais Michael Vincent partilha que “a maioria dos nossos compradores encontram-se na faixa etária entre os 40 e os 60 anos; são pessoas que desejam passar aqui a reforma ou famílias que desejam trazer os seus filhos para terem uma vida melhor.”

A segurança, o clima agradável, com temperaturas amenas durante todo o ano e a grande beleza natural, aliada a um custo de vida acessível, quando comparadas com outras cidades europeias, são algumas das vantagens.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Artigos relacionados
Imobiliário

Nhood Portugal comercializa mais de 100 lojas em 2022

Num total de 124 lojas, entre aberturas e renovações, a Nhood alcançou uma taxa de ocupação próxima dos 100% nos activos geridos, resultado de uma estratégia de melhoria do tenant-mix e de uma maior adequação às preferências do consumidor

A Nhood Portugal, plataforma global de soluções imobiliárias em projectos de uso misto, terminou o ano de 2022 com mais de uma centena de novas lojas comercializadas nos seus activos sob gestão, que incluem o portefólio de centros comerciais Alegro, Sintra Retail Park e outros activos imobiliários.

Num total de 124 lojas, entre aberturas e renovações, a Nhood alcançou uma taxa de ocupação próxima dos 100% nos activos geridos, resultado de uma estratégia de melhoria do tenant-mix e de uma maior adequação às preferências do consumidor. Inserida nessa estratégia está a entrada de novas marcas, como a Normal ou a Rock’s, que iniciaram a sua operação em Portugal, ou expansão para novos formatos de outras, como a Gleba, que abriu a sua primeira loja em centro comercial no Alegro Alfragide.

Para Susana Maia Antunes, Head of Leasing da Nhood Portugal, “um centro comercial é hoje um espaço multifuncional onde se pretende que o consumidor tenha uma experiência diferenciada e que, em última análise, se sinta “em casa”, com tudo ao seu alcance: compras, entretenimento, serviços essenciais. Daí que os espaços comerciais, como os próprios lojistas, tenham evoluído e apostado, ainda mais, na criação de serviços facilitadores da experiência do consumidor”. E, acrescenta a responsável, “foi com esse racional que seleccionámos os actuais e potenciais parceiros de retalho e, é dessa forma que, vamos continuar a abordar o mercado em 2023”.

“Diversificar e melhorar os serviços que disponibilizamos aos nossos clientes, trabalhando de forma ágil para testar em permanência e perceber que aprendizagens e ajustes rápidos devemos fazer, mantendo uma atitude de inovação contínua, é o que nos distingue. Ambicionamos continuar a inovar no mix comercial e a potenciar a entrada de marcas que tragam valor acrescentado para os clientes”, finaliza esta responsável.

A Nhood Portugal tem como propósito criar, revitalizar e transformar activos imobiliários de uso misto, bairros e cidades, contribuindo para uma nova visão urbana e para a evolução dos novos modos de vida, sob o conceito da cidade dos 15 minutos. Na sua estratégia a médio prazo para Portugal, a Nhood tem previstos projectos em mais de 15 localizações de norte a sul, divididas em diferentes áreas, como retalho comercial, escritórios, residencial, entre outros.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Imobiliário

CBRE reforça áreas de marketing com duas novas contratações

Maria Portela irá reforçar a equipa de marketing do Lagoas Park e Francisca Tenreiro irá apoiar o Marketing Corporativo

A consultora CBRE anuncia duas novas contratações com vista a reforçar o seu departamento de marketing. Maria Portela irá para a área de Property Management e integrará a equipa de marketing do Lagoas Park. Já Francisca Tenreiro irá apoiar o Marketing Corporativo.

Maria Portela é licenciada em Administração de Empresas pela Hotelschool The Hague, na Holanda, e conta também com uma pós-graduação em Digital Marketing & Analytics, pela Nova IMS. Ao longo do seu percurso passou por várias funções na área da hotelaria e dos eventos, tendo tido a sua primeira experiência na área de marketing na empresa Cityden, em Amesterdão. Posteriormente, já de regresso a Portugal, assumiu funções de marketing manager, no Grupo Lowfat (restauração), tendo mais tarde assumido a função de public relations manager.

Francisca Tenreiro é licenciada em Direito, pela Universidade Católica Portuguesa, e tem ainda uma especialização na área da negociação pela Nova School of Business and Economics. A sua primeira experiência profissional começou na Asseco PST onde, durante quase dois anos, desempenhou funções como analista de crédito, risco e compliance em projectos nos PALOP. Esteve, ainda, na consultora EY, como tax consultant. O seu primeiro contacto com a área do marketing acontece no St Julian’s School, onde, durante um ano, esteve como community services manager. Antes de integrar a equipa da CBRE Portugal, esteve cerca de cinco anos na Casa da Moira, como head of operations.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Imobiliário

Zome debate Habitação & Mediação

Debater a habitação na capital lisboeta e zona envolvente, bem como o impacto e a perspectiva dos principais players é o objectivo do evento que acontece dia 9 de Fevereiro, no Auditório Ramada Hotel by Wyndham, em Lisboa

tagsZome

A Zome Grupo PR1ME, com dinamização pelo HUB Lisboa Amoreiras, em associação com a Massimo Forte (Real Estate Influencer), organiza a conferência “Habitação & Mediação na Grande Lisboa: desafio ou oportunidade?”.

Debater a situação da habitação na capital lisboeta e zona envolvente, bem como o impacto e a perspectiva dos principais players do mercado na mesma é o objectivo do evento que acontece dia 9 de Fevereiro, pelas 16h30, no Auditório Ramada Hotel by Wyndham, em Lisboa.

Fazem parte do painel de oradores o António Ramalho, gestor e ex-ceo do Novo Banco, Filipa Roseta, vereadora da Habitação e Obras Municipais da Camara Municipal de Lisboa; Patrícia Santos, ceo Zome Real Estate e associada WIRE Portugal (Women in Real Estate) e, ainda, Renata Queirós, do Board Member JPS Group e fundadora WIRE Portugal.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Imobiliário

Coimbra é a próxima paragem da iad Open Session Tour

A cidade dos estudantes irá receber o evento no dia 16 de Fevereiro, às 18 horas, no Hotel Tivoli Coimbra. A volta ao País passará depois por cidades como Faro, Viana do Castelo, Lisboa e Évora

Depois do Porto, Funchal e Ponta Delgada, a iad Open Session Tour já tem novo destino: Coimbra. A cidade dos estudantes irá receber o evento desenvolvido pela iad Portugal que tem como objectivo apresentar o seu modelo de negócio inovador. O momento acontece no dia 16 de Fevereiro, às 18 horas, no Hotel Tivoli Coimbra. A volta ao País passará depois por cidades como Faro, Viana do Castelo, Lisboa e Évora. 

Nelson Ferreira, head of Network da iad Portugal, que irá conduzir as sessões, explica que “a apresentação do modelo de negócio acontece no âmbito da  estratégia de crescimento, liderança e diferenciação”. “Pela curiosidade que a iad tem vindo a despertar e pelo crescimento notável que teve nos últimos anos, prevemos salas cheias de empreendedores, que encontram na iad a possibilidade de fazerem prosperar o seu negócio a nível internacional e lhes permite a criação de um património, que pode depois vir a ser transaccionado ou herdado”, explica o responsável.

Já Alfredo Valente, ceo da iad Portugal, refere que “as Open Sessions são para a iad uma oportunidade privilegiada de dar a conhecer a nossa proposta ao maior número de pessoas possível”.

Destacando-se no universo das Propetch, a iad tem-se destacado por “romper com o modelo das agências tradicionais”. Elevando o sector imobiliário para a esfera digital, a iad propõe um modelo win-win que vem beneficiar todos os intervenientes no negócio: consultor, vendedor e comprador, e uma distribuição de rendimentos mais justa e equitativa. 

Fundada em Paris em 2008, a iad conquistou um lugar no pódio dos unicórnios franceses, depois de ter garantido em 2021 um investimento de mais de 300 milhões de euros da gigante Insight Partners, um player global de investimentos em tecnológicas, que já apostou em empresas como Twitter e Vinted. Além de França e Portugal, o grupo iad está também presente em Espanha, Itália, Alemanha e México, e tem vários outros mercados previstos no seu plano de expansão.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Imobiliário

Domes Lake Algarve reabre em Abril depois de renovação total

Aquele que é o primeiro hotel do grupo grego Domes Resort fora da Grécia, está a ser alvo de “extensas obras de renovação”, em todos os 192 quartos, mas também nas áreas comuns, restaurantes e bares

CONSTRUIR

Encostado à praia de Vilamoura, o Domes Lake Algarve, o 5º hotel do grupo Marriot international na região, reabre já no próximo mês de Abril. Durante o período de encerramento, entre final de Outubro e início de Abril, têm sido realizadas “extensas obras de renovação”, com especial foco na decoração do resort. As intervenções estão a ser feitas em todos os 192 quartos, mas também nas áreas comuns, restaurantes e bares, incluindo upgrades de mobiliário e renovações totais em alguns dos espaços dedicados à gastronomia.

O Sora Beach, restaurante gerido pelo hotel na praia da Falésia, a título de exemplo, vai sofrer uma intervenção significativa e será palco de uma colaboração com um reconhecido chef português.

Entre as grandes alterações previstas para Abril está a adição de mais uma piscina destinada apenas a adultos e que se vem juntar às quatro já existentes.

O Domes Lake Algarve é o primeiro hotel do grupo grego Domes Resort fora da Grécia, tendo sido eleito pelos prémios Condé Nast Johansens 2023 como um dos melhores hotéis da Europa e Mediterrâneo e no ano passado como “Melhor Novo Resort” na edição europeia dos World Travel Awards. Este é, também, o primeiro da marca “Autograph Collection”.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Imobiliário

Serris REIM reforça portefólio com aquisição de 1,7M€ em Oeiras

A doValue Portugal vendeu 2 pisos de edifício de escritórios em Oeiras ao Venture Real Estate Fund, por 1,7M€. O imóvel vendido foi previamente arrendado, o que contribuiu para a sua valorização e consequente atractividade. Fundo Comprador opera em Portugal desde 2017 e foi representado pela Serris REIM

CONSTRUIR

A doValue Portugal, empresa gestora de créditos e activos imobiliários, vendeu dois pisos de edifício de escritórios, que na totalidade tem três pisos, em Paço de Arcos, no concelho de Oeiras, por 1,7 milhões de euros ao Venture Real Estate Fund, representado pela Serris Reim, sociedade gestora de activos imobiliários presente em Portugal desde 2017.

“Localizado numa zona bem servida de comércio e serviços, próximo do centro comercial Oeiras Parque, de Office Parks de referência e do acesso da A5, foi alvo de prévio arrendamento da globalidade da sua área a empresa da área do ensino, o que contribuiu para a sua valorização e consequente maior atractividade”, contextualiza João Ribeiro, director de Real Estate da doValue Portugal. “Só depois, da total colocação e valorizado, é que a venda do edifício se concretizou”, acrescenta.

Para Francisco Seabra Ferreira, Head of Real Estate – Portugal da Serris Reim, “esta aquisição é mais um passo importante na construção de um portefólio diversificado de activos em Portugal”.
“Estes activos que adquirimos encaixam no portefólio do fundo, caracterizado por edifícios de qualidade, com contratos de arrendamento de longa duração e ocupados por inquilinos com solidez operacional e financeira. Esperamos continuar a investir e a reforçar o nosso portefólio em Portugal”, sublinha o mesmo responsável.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Imobiliário

Cushman&Wakefield assessora venda de unidade industrial na Marinha Grande

A unidade industrial é servida por excelentes acessibilidades, localizando-se muito próximo da autoestrada A8 e A17, e é composta por duas naves com cave, onde constam dois armazéns, sendo que em uma delas também existem espaços destinados à fabricação e serviços administrativos

CONSTRUIR

A Cushman & Wakefield, consultora líder global em serviços imobiliários, anuncia que assessorou a Caixa Geral de Depósitos na venda de uma unidade industrial, com cerca de 10.000 m2 de construção, na Marinha Grande. O imóvel foi comprado pela Inipol, empresa portuguesa especializada em investimentos imobiliários e construção civil.

A unidade industrial é servida por excelentes acessibilidades, localizando-se muito próximo da autoestrada A8 e A17, e é composta por duas naves com cave, onde constam dois armazéns, sendo que em uma delas também existem espaços destinados à fabricação e serviços administrativos.

O novo proprietário irá iniciar um processo de reabilitação no imóvel, uma vez que este está desocupada há, aproximadamente, 10 anos – altura em que a anterior ocupante, Grandupla, abandonou o espaço devido a insolvência.

Para Bruno Neves, consultor do departamento de Industrial, Logística e Terrenos da Cushman & Wakefield Portugal, “esta transação demonstra o forte dinamismo que se sente no setor industrial e logístico em Portugal. Fruto da escassa construção de ativos que cumpram os requisitos da maioria das empresas, temos vindo a verificar um aumento na compra de imóveis para reabilitação, tornando-se assim, mais rápido o início da operação no espaço, quando comparado com um processo de licenciamento standard. O distrito de Leiria, é um dos que, dado à sua localização geográfica e face aos acessos existentes, tem conseguido atrair e reter empresas dos mais diversos setores, consolidando cada vez mais a região e posicionando-se assim como um dos principais eixos nacionais para a logística e indústria. A indústria em Portugal está viva e recomenda-se!”

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Imobiliário

Inipol adquire unidade industrial na Marinha Grande

A operação de venda foi assessorada pela Cushman & Wakefield, que representou o vendedor, a Caixa Geral de Depósitos, na transacção. A unidade foi comprada para reabilitação e voltará em breve ao mercado. Esta transacção demonstra o forte dinamismo que se sente no sector industrial e logístico em Portugal

CONSTRUIR

A unidade industrial, com cerca de 10.000 m2 de construção, está localizada na Marinha Grande e foi comprada pela Inipol, empresa portuguesa especializada em investimentos imobiliários e construção civil.

A unidade industrial é servida por excelentes acessibilidades, localizando-se muito próximo da autoestrada A8 e A17, e é composta por duas naves com cave, onde constam dois armazéns, sendo que em uma delas também existem espaços destinados à fabricação e serviços administrativos. O novo proprietário irá iniciar um processo de reabilitação no imóvel, uma vez que este está desocupada há, aproximadamente, 10 anos, com a insolvência do anterior a Grandupla.

Para Bruno Neves, consultor do departamento de Industrial, Logística e Terrenos da Cushman & Wakefield Portugal, “esta transacção demonstra o forte dinamismo que se sente no sector industrial e logístico em Portugal. Fruto da escassa construção de activos que cumpram os requisitos da maioria das empresas, temos vindo a verificar um aumento na compra de imóveis para reabilitação, tornando-se assim, mais rápido o início da operação no espaço, quando comparado com um processo de licenciamento standard. O distrito de Leiria, é um dos que, dado à sua localização geográfica e face aos acessos existentes, tem conseguido atrair e reter empresas dos mais diversos sectores, consolidando cada vez mais a região e posicionando-se assim como um dos principais eixos nacionais para a logística e indústria. A indústria em Portugal está viva e recomenda-se!”

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Imobiliário

CBRE assessora transacção do maior portefólio de supermercados em Portugal

O portefólio é composto por 49 activos distribuídos pelo País, sendo que 44 são operados pela Jerónimo Martins, sob a marca Pingo Doce e contabiliza cerca de 70 mil metros quadrados de Área Bruta Locável

CONSTRUIR

A LNC Capital Partners adquiriu à Trei Real Estate, do Tengelmann Group’s aquele que é considerado até ao momento o maior portefólio de supermercados alguma vez transaccionado em Portugal. Por parte do vendedor, a operação foi assessorada pela CBRE e pela Morais Leitão no âmbito jurídico.

Nesta transacção, a LCN Capital Partners foi assessorada pela Cushman & Wakefield, PLMJ, KPMG e ainda pela Engexpor. Esta operação vem consolidar a posição da LCN, um investidor que tipicamente procura operações de sale-leaseback e built-to-suit na Europa e América do Norte, como um dos mais proeminentes proprietários de supermercados na Europa.

“Este investimento consolida a nossa posição como o maior proprietário não-operador de supermercados em Portugal, e um dos maiores a nível ibérico. Estamos verdadeiramente satisfeitos por juntar o Pingo Doce à nossa lista de arrendatários e parceiros no nosso portefólio europeu, uma vez que se trata de um dos retalhistas de maior destaque a nível nacional. Com uma vasta experiência em parcerias com empresas/arrendatários de renome, presentes em vários sectores e industrias, e que ocupam imóveis críticos para a sua operação, a LCN continua interessada em consolidar e crescer o seu portefólio na Europa e em Portugal”, Carlos Vieira Neto, vice-presidente da LCN Capital Partners.

O portefólio é composto por 49 activos distribuídos pelo País, sendo que 44 são operados pela Jerónimo Martins, sob a marca Pingo Doce e contabiliza cerca de 70 mil metros quadrados de Área Bruta Locável (ABL).

“A CBRE orgulha-se de adicionar esta operação icónica ao seu track record, sobretudo por se tratar da maior transacção de supermercados já registada no nosso País. Será certamente um marco no ano 2023 e passa uma mensagem muito positiva sobre a resiliência do mercado imobiliário português e a sua capacidade de atrair investimento estrangeiro”, comenta Nuno Nunes, senior director de Capital Markets da CBRE Portugal.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Imobiliário

Home Tailors Real Estate comercializa empreendimento Vale do Pereiro

Promovido pela Capvest e com projecto do gabinete de arquitectura suíço, NOMOS, o empreendimento residencial resulta da reabilitação de um antigo edifício de escritórios

CONSTRUIR

Promovido pela Capvest, o empreendimento Vale do Pereiro encontra-se a ser comercializado pelo departamento de Development and Corporate da Home Tailors Real Estate. “Um privilégio” considera David Carapinha, ceo & founder da Home Tailors Real Estate, dado tratar-se de “um projecto único e de excepção”.

Situado perto da avenida da Liberdade, o Vale do Pereiro resultada da remodelação de um antigo edifício de escritórios em “treze apartamentos luxuosos e modernos”, desde T1, T2 com jardins e duas penthouses com terraços na cobertura. O projecto foi concebido pelo gabinete de arquitectura suíço, NOMOS.

O edifício apresenta uma fachada “com design único e diferenciador e um ambiente requintado no interior”, com acabamentos como pavimentos em terrazzo, painéis folheados em sucupira ou lioz nas casas de banho e bancadas de cozinha.

“Quisemos marcar verdadeiramente a diferença com este edifício, o desenho da fachada é completamente distinto do que já existe em Lisboa e confere-lhe um carácter único. No interior cada detalhe foi também pensado ao pormenor para conferir a cada um dos apartamentos um ambiente extremamente elegante e de grande conforto”, afirma Magid Khoury, ceo da Capvest.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 CONSTRUIR. Todos os direitos reservados.