Edição digital
Assine já
Luís Pinto
Opinião

O papel do sistema de caminhos de cabos nas questões de Segurança

“Sendo testados em conformidade com a DIN 4102 Parte 12 e a cumprirem os requisitos da obra, podem ser utilizados em áreas de teto falso das saídas de emergência e vias de evacuação. Os critérios de teste são a deformação dos sistemas de caminho de cabos e das respetivas suportagens, assim como a possível queda devido ao calor”

Luís Pinto
Opinião

O papel do sistema de caminhos de cabos nas questões de Segurança

“Sendo testados em conformidade com a DIN 4102 Parte 12 e a cumprirem os requisitos da obra, podem ser utilizados em áreas de teto falso das saídas de emergência e vias de evacuação. Os critérios de teste são a deformação dos sistemas de caminho de cabos e das respetivas suportagens, assim como a possível queda devido ao calor”

Luís Pinto
Sobre o autor
Luís Pinto

Um sistema racional de caminhos de cabos para condução de cabos deve ser planeado tendo como foco o aspeto prático, de instalação económica e versátil nas suas utilizações. Deve ser um sistema versátil concebido para instalação geral em paredes e tetos em áreas convencionais, como instalações industriais ou de grandes dimensões. Diferentes larguras, alturas laterais e superfícies de materiais permite que um sistema de caminhos de cabos preencha um leque mais amplo de requisitos em aplicações standard de suportes para cabos.

Além disso, o sistema também deve ser testado contra o fogo. Podendo ser instalado para proteção antifogo em tetos falsos, saídas de emergência e vias de evacuação ou para manutenção de funções elétricas, a fim de garantir o funcionamento dos sistemas de emergência em caso de incêndio.

O ideal é ter uniões de encaixe rápido, permitindo a montagem rápida de caminhos de cabos em todas as áreas sem serem necessárias ferramentas.

E um sistema de caminho de cabos deve conter um conjunto diversificado de acessórios, como ângulos, derivações T e cruzetas. Outras uniões e acessórios, como separadores, réguas tapa juntas, suportes para caixas de derivação ou tampas também devem estar disponíveis se necessário.

Todo o sistema de caminho de cabos deve ser testado através de entidades independentes, para efeitos de manutenção de funções elétricas, de acordo com a DIN 4102 Parte 12 e aprovado para manutenção das classes de função elétrica de E 30 a E 90. A espessura na zona da união e a perfuração da base, devem garantir que os caminhos de cabos possuem uma capacidade de carga muito elevada. Sendo permitida a instalação de acessórios (ângulos, derivações, etc.), tal como a utilização de separadores, se o sistema de caminhos de cabos for instalado para efeitos de manutenção das funções elétricas. As versões em aço inox permitem a montagem em áreas com atmosferas mais agressivas. Em conjunto com consolas específicas, os caminhos de cabos também podem ser instalados em tetos inclinados ou curvados.

Além da manutenção de funções elétricas, um outro objetivo da proteção antifogo consiste em proteger as saídas de emergência e vias de evacuação. Esta é outra área onde os sistemas de caminho de cabos se destacam. Sendo testados em conformidade com a DIN 4102 Parte 12 e cumprirem os requisitos da obra, podem ser utilizados em áreas de teto falso das saídas de emergência e vias de evacuação. Os critérios de teste são a deformação dos sistemas de caminho de cabos e das respetivas suportagens, assim como a possível queda devido ao calor. Os suportes de segurança adicionais, como varões roscados, ajudam a impedir a deformação dos caminhos de cabos em caso de incêndio.

Uma outra opção para a montagem em tetos consiste em suportar os caminhos de cabos através de perfis e com varões roscados. Uma vez que os caminhos de cabos podem deformar em caso de incêndio, tem de ser mantida uma distância de segurança em relação ao teto falso. Também podem ser implementadas variantes multicamadas, desde que os parâmetros especiais sejam respeitados.

Os sistemas de caminho oferecem uma solução completa de encaminhamento de cabos que não só proporciona um elevado grau de segurança como também abrange um grande conjunto de requisitos.

Nota: O autor escreve segundo o Novo Acordo Ortográfico

Sobre o autorLuís Pinto

Luís Pinto

Gestor de produto em Portugal do catálogo KTS | OBO Bettermann
Mais artigos

Toda a informação sobre o sector da construção, à distância de um clique.

Assine agora a newsletter e receba diariamente as principais notícias da Construção em Portugal. É gratuito e não demora mais do que 15 segundos.

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 CONSTRUIR. Todos os direitos reservados.