Edição digital
Assine já
    escritórios
    Absorção de escritórios revela dinamismo, com o Porto a apresentar o “melhor” resultado dos últimos cinco anos

    Até ao final deste ano, Lisboa espera-se a conclusão de mais 135 mil m2 de novos espaços de escritórios, dos quais 15% já estão destinados a pré-arrendamento e 53% a ocupação própria. Também no Porto são esperados 10 novos projectos, num total de 44.189 m2

    Análise: Mercado de escritórios em Lisboa em “forte recuperação”

    Neste período, a ampla maioria das operações foram mudanças de instalações, representando cerca de 90% da área colocada, onde se assinala, ainda, a entrada de três novas empresas na região de Lisboa

    JLL e Worx comercializam edifício de escritórios em Entrecampos

    Junto à Estação de Entrecampos, o Edifício Pinta conta com sete pisos, um rés-do-chão, quatro caves com um total de 129 lugares de estacionamento e uma área total disponível até 1853 m2, assim como uma cantina, salas de reunião, lounge para relaxar, balneários e um jardim

    Agosto regista forte recuperação em Lisboa com 18.700 m2 de escritórios ocupados

    Mês contribui com 30% para actividade no acumulado do ano na capital. Mercado do Porto regista desempenho mensal residual, mas mantém ocupação anual acima de 2022, revela a consultora JLL no seu mais recente Office Flashpoint

    Lisboa e Porto revelam sinais de crescimento no segmento de escritórios no mês de Julho

    A consultora JLL divulga os resultados da análise dos dados do mercado de escritórios em Lisboa e Porto referentes a Julho de 2023, período em que ambos os mercados revelam sinais de crescimento, sobretudo a norte, onde o crescimento homólogo foi de 432%

    Remax cresce 27,5% no segmento de escritórios

    57% da ocupação de escritórios resulta de negócios de compra/venda e 43% do arrendamento de espaços. Nos primeiros cinco meses do ano, foram os concelhos de Lisboa e Porto os que lideram em termos de área ocupada

    Estudo: Escritórios registam melhor performance desde início do ano

    Dados do Office Flashpoint da JLL mostra que ocupação de escritórios no mercado português registou crescimentos em Lisboa e no Porto, de 78% e 108% , respectivamente

    Take-up de escritórios: Lisboa com pouca oferta de qualidade

    De acordo com o mais recente estudo da Savills, os valores de take-up de escritórios no primeiro trimestre de 2023 começaram a divergir significativamente na Europa, com Oslo, Praga e Madrid a registarem, respectivamente, aumentos 50%, 19% e 5% em relação à média dos últimos cinco anos, enquanto Dublin, Budapeste e Lisboa registaram, respectivamente, quedas de 62%, 57% e 55%

    Escritórios: ESG e sustentabilidade ‘ditam as regras’ para os próximos anos

    Mercado de Lisboa abranda no primeiro trimestre de 2023, mas esta situação não é propriamente uma novidade para quem trabalha no sector, depois de um 2022 com um número recorde de pré-arrendamentos e que terá “inflacionado” os números de take-up. Além disso, não é de descartar, também, que o sentimento de insegurança económica que se vive possa influenciar no tempo de decisão das empresas. O CONSTRUIR foi tentar perceber junto das principais consultoras qual o retrato actual do mercado de escritórios e quais as principais tendências

    Neurodiversidade ou a necessidade de escritórios mais inclusivos

    Entre 15% e 20% da população mundial é neurodivergente. Numa análise sobre o impacto do design do espaço de trabalho para a neurodiversidade, a Cushman & Wakefield indica algumas dicas para que as organizações tornem os seus escritórios mais inclusivos e atractivos

    Navegue

    Sobre nós

    Grupo Workmedia

    Mantenha-se informado

    ©2024 CONSTRUIR. Todos os direitos reservados.