Fundação Mies van der Rohe anuncia finalistas ao prémio de 2017

Por a 15 de Fevereiro de 2017

mies

A Comissão Europeia e a Fundação Mies van der Rohe, anunciaram os cinco finalistas ao Prémio de Arquitectura Contemporânea da União Europeia – Prémio Mies van der Rohe 2017.

A shortlist é composta pelo projecto deFlat Kleiburg, localizado em Amsterdão e da autoria do gabinete NL Architects e XVW architectuur; o Ely Court, em Londres, assinado por Alison Brooks Architects;   Kannikegården, na Dinamarca, projectado por Lundgaard&Tranberg Architects; Katyn Museum em Varsóvia da autoria de BBGK Architekci e o Rivesaltes Memorial Museum de Rudy Ricciotti.

Recorde-se que Portugal chegou a ter quatro projectos nos 40 finalistas – a Casa em Oeiras, de Pedro Domingos Arquitectos, o Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia de Amanda Levete, a nova sede da EDP dos Aires Mateus e o Museu de Arte Contemporânea Nadir Afonso de Siza Vieira e por isso, Lisboa foi a segunda cidade com mais obras nesta fase.

Os membros do júri, do qual nesta edição faz parte Gonçalo Byrne, visitam as obras durante o mês de Abril e o vencedor do Prémio será conhecido a 16 de Maio, assim como o vencedor do Prémio Arquitecto Emergente. A cerimónia de entrega dos galardões acontece a 26 de Maio, no Pavilhão Mies van der Rohe, em Barcelona.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *