Adega do Freixo “de” Valsassina vence Prémio Archdaily

Por a 8 de Fevereiro de 2018

Adega da Herdade do Freixo

A Adega da Herdade do Freixo, desenhada por Frederico Valsassina, foi distinguida com o prémio de “Melhor Edifício Industrial” atribuído pelo Archdaily, nos prémios Building of The Year 2018.

A obra era uma das candidatas portuguesas na corrida aos troféus da comunidade de arquitectura, a par da Faculdade de Arquitectura em Tournai, na Bélgica, concebida por Aires Mateus e a sede da GS1 Portugal, da autoria do atelier Promontório.
A Herdade do Freixo é uma empresa agrícola do nordeste Alentejano, no concelho de Redondo, que centra a sua actividade principal na produção vitivinícola com castas de elevado potencial adaptativo ao solo e clima da propriedade, inovando nos detalhes produtivos, que confiram carácter e savoir faire aos seus vinhos.

Esta ambição é materializada com a construção de uma adega inovadora única na Europa, totalmente subterrânea, que não é avistada na paisagem, servindo os propósitos da vinha sem interferir no equilíbrio do ecossistema natural. Um projecto inovador, onde domina o respeito pela natureza e um terroir atractivo que se expressa nos seus vinhos. Lá dentro, o interior em espiral assemelha-se ao do Museu Guggenheim de Nova Iorque.

Através de uma rampa circundante, iluminada por uma clarabóia, acede-se aos três níveis da adega. É ali que tudo acontece: da chegada da uva ao engarrafamento, passando pela sala das barricas (a mais surpreendente de todas as que se visitam). Embora esteja enterrado, o edifício tem sempre luz natural, é energeticamente autosuficiente e está equipado com a melhor tecnologia de vinificação. Daqui saem as três referências de vinho deste produtor: Freixo Family Collection, Freixo Reserva Branco e Freixo Reserva Tinto.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *