Oliveiras moderniza aproveitamento hidroagrícola da Lezíria Grande

Por a 4 de Março de 2018
A Oliveiras e a Associação de Beneficiários da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira (ABLGVFX) assinaram o auto de consignação da empreitada de Modernização dos Blocos de Rega V e VI do Aproveitamento Hidroagrícola da Lezíria Grande de Vila Franca de Xira. Em simultâneo ocorreu o lançamento da Primeira Pedra da obra, em cerimónia presidida pelo ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, com a presença do primeiro-ministro, António Costa.
Em declarações aos jornalistas, o Costa destacou que o investimento no sector agrícola por meio da modernização e criação de regadios, “é estratégico para o país”, possibilitando responder “ao desafio imposto pelas alterações climáticas”. “Isto melhora a produtividade da nossa agricultura, mas também aumenta a capacidade de reserva e permite uma gestão mais eficiente da água”, disse.
O obra entregue à Oliveiras resulta de uma adjudicação de 26,23 milhões de euros, com um prazo de execução de 22 meses. O projecto está dividido em dois blocos de rega, o V e o VI, que beneficiará uma área superior a 2300 hectares de terrenos férteis, onde serão executados 38 quilómetros de condutas com diâmetros compreendidos entre 1400 mm e 125 mm. A empreitada inclui a construção de duas estações elevatórias e respectivos acessos: a estação elevatória da Caliça, situada no rio do Risco e destinada a reforçar o caudal do canal principal com um volume máximo de 12 m3/s, e a estação das Galés, que pressurizará a rede de condutas dos dois blocos de rega. A construção de dois novos pontões, um na estrada do Camarão e outro no interior do perímetro, em Bico do Ruivo, ambos sobre o canal principal, completa a adjudicação.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *