Governo promete para “breve” verbas para a nova ala pediátrica do Hospital de S. João, no Porto

Por a 10 de Abril de 2018

A quimioterapia pediátrica em ambulatório do Hospital de S. João, no Porto, está a ser feita num corredor.
Esta é uma das muitas queixas que os pais das crianças com doença oncológica apontam ao serviço e que já fizeram chegar à Administração do Centro Hospitalar, noticia o JN na manchete desta terça-feira. A falta de condições estende-se à unidade do Joãozinho, para onde as crianças são encaminhadas quando têm de ser internadas. E que funciona há quase dez anos em contentores, fora do edifício central do hospital.
Ao JN, o ministério da Saúde não esclareceu se já tinham sido transferidos, conforme anunciado a 16 de Março, os 22 milhões de euros para a construção da nova pediatria do S. João, remetendo mais esclarecimentos para a administração hospitalar e a Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte). O S. João referiu que “o edifício tem vindo a sofrer obras de melhoramento e adaptação que se iniciaram há 10 anos, e vão prosseguir para benefício dos doentes”.
Numa mensagem enviada durante manhã à Antena 1, a administração do hospital lembrou que está há quase um ano à espera que o Governo liberte verbas para a nova unidade pediátrica, tendo o Ministério da Saúde esclarecido que esse dinheiro será desbloqueado em breve, não avançando, no entanto, uma data concreta.
À “Renascença”, o bastonário da Ordem dos Médicos lamentou a situação e acusou a tutela de inação. “É lamentável que o ministro da Saúde ainda não tenha resolvido uma situação que é muito fácil. O que se está a pedir não é a construção de um hospital novo, é que as crianças e os respectivos profissionais, que estão em contentores no jardim do São João, passem para dentro do hospital. Claro que é preciso fazer algumas obras, que custam dinheiro, e, por isso, essa situação não está a ser a ser resolvida”, declarou Miguel Guimarães.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *