Prémios Mies Van der Rohe de 2019 com 17 candidatos portugueses

Por a 11 de Dezembro de 2018

A Casa do Rio (Menos é Mais) está entre os candidatos


São 17 as obras construídas em Portugal que estão na corrida aos prestigiados prémios Mies van der Rohe, naquele que é um dos maiores contributos para os prestigiados prémios. Só Espanha (27 projectos), Bélgica (21), França e Reino Unido (19), Alemanha e Polónia (18) estão mais representados que Portugal, que conta ainda com outros três projectos de autores nacionais construídos no estrangeiro.
Nota de destaque na lista de 383 projectos candidatos é a predominância de edifícios ligados à Cultura (15%, uma quebra de 4% face a 2017), seguido de edifícios de uso misto (14%). Estes projectos são, depois, seguidos por edifícios colectivos, habitação unifamiliar e áreas de educação (10% cada). Habitação colectiva é a que tem a menor expressão (2%), ainda que isso represente um significativo aumento face às últimas edições dos Prémios.
O Juri, liderado por Dorte Mandrup,George Arbid, Angelika Fitz, Ștefan Ghenciulescu,Kamiel Klaasse, María Langarita e Frank McDonald serão agora responsáveis por uma nova selecção de obras, reduzindo para 40 os projectos candidatos, isto antes de serem escolhidos os 5 finalistas. O vencedor será anunciado a 7 de Maio, em Barcelona.

Lista de projectos em Portugal
-Centro de Artes de Águeda (AND-RÉ)
-Capela do Monte (Siza Vieira)
-Centro Interpretativo do Vale do Tua (Rosmaninho + Azevedo Arquitectos)
-Aproveitamento Hidroeléctrico de Foz Tua (Souto de Moura)
-Casa do Caseiro (Camilo Rebelo Arquitectos)
-Capela da Nossa Senhora de Fátima (Plano Humano)
-FPM41 (Barbas Lopes)
-Casa na Rua do Quelhas (Inês Lobo)
-Praça Fonte Nova (José Adrião Arquitectos)
-Teatro Luís de Camões (Manuel Graça Dias + Egas José Vieira, Arquitectos)
-Terminal de Cruzeiros de Lisboa (Carrilho da Graça)
-Capela da Luz Eterna (Bernardo Rodrigues)
-Casa Rotativa (Pedro Bandeira)
-Casa na Rua do Paraíso (FALA)
-Jardim Botânico do Porto: Reabilitação da Casa Andresen e Estufas, e Reabilitação da Casa Salabert (Nuno Valentim Arquitectura)
-Hotel Rural Casa do Rio (Menos é Mais Arquitectos)

Obras no Estrangeiro
-Igreja de Saint-Jacques-de-la-Lande (Siza Vieira)
-Faculdade de Arquitetura em Tournai (Aires Mateus)
-Capela do Vaticano para a Bienal de Veneza 2018 (Souto de Moura)

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *