Dolce Vita Tejo passa a designar-se UBBO

Por a 16 de Janeiro de 2019

Em 2015, a Eurofund Capital Partners e a AXA Investment Managers – Real Asset anunciou que pretendia transformar o Dolce Vita Tejo “no primeiro shopping resort” do País. Desde então todo o conceito foi trabalhado para ir ao encontro desta nova forma de ver e viver aquele centro comercial, desde o projecto arquitectónico e paisagístico até ao próprio nome que, a partir desta quarta-feira, se passa a designar UBBO.

A praça central do Centro, cuja área de restauração esteve em obras até final de 2018, da autoria  arquitecta espanhola Marta Banús, será a zona de maior intervenção. A zona dos transportes públicos será transferida para outra parte já que esta área terá uma nova entrada principal e uma série de infraestruturas novas, cujo projecto arquitectónico e paisagístico é da autoria de Teresa Sapey, do Teresa Sapey Studios. Prevê-se que a obra esteja concluída no Natal de 2019.

Para Ian Sandford, presidente do Eurofund Capital Partners trata-se de “um conceito fundamentado em experiências únicas, transformando o Centro Comercial num destino de lazer e entretenimento… onde também se fazem compras. Pretende reinventar toda a experiência de visita através da criação de espaços cada vez mais acolhedores, mas também de um conjunto de actividades culturais, desportivas e de ócio para as famílias”.

Também Hermann Montenegro, Country Head Ibérica da AXA Investment Managers – Real Assets considera que “o crescimento do centro será consolidado com este projecto”. “As novidades irão chegando ao longo do ano com novas marcas e outras áreas intervencionadas, como fachadas e espaços logísticos, que em conjunto com o que foi hoje anunciado, farão deste um espaço único no nosso país”, acrescenta.

O futuro shopping resort vai proporcionar experiências que enriqueçam os visitantes  desde parque infantis de acesso livre, novas áreas de descanso, terraços e cafés, uma comunidade urbana chamada The Hood, que irá realizar actividades, eventos, mercados e apoiará artistas emergentes. A praça central irá reunir, ainda, actividades como um parque aquático, minigolfe e até paredes de escalada. O centro da praça será facilmente ajustado para receber todo tipo de eventos e actividades complementares, de modo a manter o espaço vivo, bem como alguns dos eventos já esperados anualmente como é o caso da pista de gelo no Natal.

Os criativos da Totem Branding foram os responsáveis pelo nome UBBO, uma marca que pretende passar uma mensagem de diversão. A inspiração vem dos antigos fenícios, que chamaram a Lisboa “Allis Ubbo” que significava “porto seguro” ou porto encantador”. O porto foi o local de nascimento da cidade e era palco de animação, actividades e um espaço onde se iam quebrar rotinas. Uma palavra com fonética simples e fácil, quase infantil, o que sugere um desejo incontrolável de diversão.

Segundo Andy Stalman, CEO da Totem B, “mais do que um nome, UBBO é uma sensação que só se explica depois de se vivenciar o novo espaço. Uma nova identidade global que reflecte os valores e as características de um shopping resort – a vontade de ficar num lugar que nos oferece lazer, shopping, entretenimento e gastronomia.”

Actualmente, o UBBO contabiliza 280 lojas e restaurantes distribuídos por dois pisos e 104 mil quadrados. Possui, ainda um parque de estacionamento coberto e gratuito com cerca de nove mil lugares.

Integra, também, a KidZania, parque temático lúdico e educativo único em Portugal onde “as crianças podem brincar aos adultos”, experimentando mais de 60 profissões e a Zero Latency, uma experiência de entretenimento em realidade virtual para jovens e adultos e irá receber, ainda este ano, a primeira unidade Trofa Saúde de Lisboa.

Disponibiliza, ainda, um acolhedor Balcão de Atendimento, áreas de lazer com imprensa diária gratuita, um Work Hub (um confortável espaço de co-working), acesso internet gratuito em todo o Centro Comercial e um Espaço Solidário para apoiar ONGs e IPSS.

 


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *