Porto vai ter um Conselho Municipal de Turismo

Por a 7 de Outubro de 2019
A cidade do Porto vai passar a ter um Conselho Municipal de Turismo. O início do procedimento para a criação deste organismo foi votado por unanimidade na reunião de Câmara desta segunda-feira.

No imediato, está em causa a elaboração do regulamento do futuro Conselho Municipal de Turismo, estrutura que quer envolver “a participação de todos os agentes dos vários quadrantes da cidade, directamente ou complementarmente associados ao turismo”, assinala a proposta do vereador da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente.
Encarado, pois, como uma plataforma de diálogo entre os diferentes parceiros, para que estes possam “coadjuvar o poder político na tomada de decisões” ajustadas à nova realidade socioeconómica da cidade, aguarda-se ainda que o Conselho Municipal de Turismo garanta o equilíbrio e harmonização no apoio à implementação de medidas que concorram para uma maior qualidade de vida no território. Neste pressuposto, vai actuar através “da análise de indicadores, da emissão de pareceres, de estudos não vinculativos e da publicação de informação que promovam a adopção de estratégias políticas concertadas e sustentáveis” para o concelho do Porto.
Nos últimos anos, a cidade tem vindo a afirmar-se “como um destino turístico de excelência e autenticidade” e tem atraído de forma sustentável “um elevado número de turistas pelo seu património mundial, pela paisagem única e inesquecível, pela oferta de produtos distintos”, pode ler-se no documento. Além do mais, tem-se afirmado como destino atractivo para acolher novos negócios e marcas de renome internacional.
Dinâmicas que geram benefícios, mas que, por outro lado, “aportam alguns constrangimentos e consequências na gestão urbana”, assinala a proposta de Ricardo Valente, que parte desta fragilidade a montante para reforçar a importância da criação do Conselho Municipal de Turismo.
Após publicitação desta deliberação no sítio institucional do Município do Porto, fixam-se um prazo de 15 dias úteis para a apresentação de contributos para serem integrados no projeco de regulamento a elaborar.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *