Edição digital
Assine já
Empresas

Nova plataforma integra soluções Weber, Placo e Isover

A plataforma da Saint-Gobain Portugal vai disponibilizar aos clientes e parceiros da empresa uma oferta integrada de produtos das marcas Weber, Placo e Isover

CONSTRUIR
Empresas

Nova plataforma integra soluções Weber, Placo e Isover

A plataforma da Saint-Gobain Portugal vai disponibilizar aos clientes e parceiros da empresa uma oferta integrada de produtos das marcas Weber, Placo e Isover

CONSTRUIR
Sobre o autor
CONSTRUIR
Artigos relacionados
Consumo de cimento cresce 10,7% no primeiro trimestre
Construção
Roca promove debate sobre o acesso a habitação acessível
Construção
Grupo Preceram participa na Tektónica 2022
BNP Paribas Fortis em Bruxelas adopta soluções da OLI
Empresas
The Edge Group investe 45M€ no Beloura Business Campus Lisboa
Imobiliário
Remax com crescimento de 19% no 1º trimestre desde ano
Imobiliário
Inlife abre candidaturas a 45 estágios de Verão
Empresas
Isover apresenta a nova identidade Climaver 360
Empresas
Autarquia de Cerveira investe 1,2M€ em Parque Empresarial
Construção
Associação Smart Waste Portugal anuncia criação de plataforma Vidro+
Construção

A Saint-Gobain Portugal acaba de lançar um novo website integrado. A nova ferramenta, dá ao usuário a possibilidade de pesquisar os produtos das marcas de construção do grupo. No novo website, é possível encontrar informação sobre a área corporativa da empresa, nomeadamente informações do Grupo em Portugal, bem como sobre a área de negócio, constando nessa secção informação sobre os produtos, sistemas, documentação e ferramentas técnicas das marcas ISOVER (isolamento térmico, acústico e protecção contra o fogo), Placo (fabrico e comercialização de gesso e placas de gesso laminado) e Weber (produção e comercialização de argamassas industriais).

“A plataforma visa, acima de tudo, ajudar clientes e parceiros a materializarem os seus espaços confortáveis e sustentáveis, prestando apoio técnico a todo o tipo de projectos”, justifica a empresa em comunicado. Entre as novas features, de destacar a velocidade do site e o facto de ser intuitivo, “com vista a facilitar o processo de pesquisa para o target profissional – arquitectos, construtores, engenheiros e orçamentistas – e não profissional “do it yourself”. É possível consultar também a lista de aplicadores e distribuidores dos produtos das várias marcas, pesquisando pela sua localização”, refere a Saint-Gobain Portugal.

O novo website coloca também à disposição do utilizador um calculador de consumo em algumas páginas de produto, ajudando-o a fazer um cálculo aproximado da quantidade de produto necessária para o seu projecto.

“Após alguns meses de trabalho e dedicação de toda a nossa equipa, estamos muito satisfeitos com o lançamento do novo website da Saint-Gobain Portugal. Com o novo site, o utilizador pode de forma fácil e intuitiva aceder às novidades, catálogos, informações técnicas de produtos, projectos, notícias e muito mais. Como sabemos que é uma mudança muito grande, a pesquisa dos produtos é disponibilizada através de dois formatos, por marca, uma vez que sabemos que o utilizador está habituado a aceder ao site de cada marca individualmente e a navegar deste modo, e por actividade, onde encontra uma oferta integrada de produtos que rapidamente satisfazem várias necessidades de uma obra. O novo website inclui ainda melhorias estéticas e possibilita uma melhor experiência, com uma navegação aperfeiçoada, permitindo aos visitantes encontrar facilmente a informação de que necessitam.”, sublinha Ana Rita Bastos, directora de Marketing da Saint-Gobain Portugal.

A Academia Saint-Gobain está, também, presente no novo site, no qual será possível encontrar informações sobre os webinars que irão acontecer, rever os anteriores e fazer formações online.

Pode aceder à plataforma aqui

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Artigos relacionados
Consumo de cimento cresce 10,7% no primeiro trimestre
Construção
Roca promove debate sobre o acesso a habitação acessível
Construção
Grupo Preceram participa na Tektónica 2022
BNP Paribas Fortis em Bruxelas adopta soluções da OLI
Empresas
The Edge Group investe 45M€ no Beloura Business Campus Lisboa
Imobiliário
Remax com crescimento de 19% no 1º trimestre desde ano
Imobiliário
Inlife abre candidaturas a 45 estágios de Verão
Empresas
Isover apresenta a nova identidade Climaver 360
Empresas
Autarquia de Cerveira investe 1,2M€ em Parque Empresarial
Construção
Associação Smart Waste Portugal anuncia criação de plataforma Vidro+
Construção
Empresas

BNP Paribas Fortis em Bruxelas adopta soluções da OLI

O BNP Paribas seleccionou para as suas casas de banho os autoclismos ultra-eficientes “OLI 120 Plus Sanitarblock”, que garantem uma poupança diária de nove litros

A nova sede do banco BNP Paribas Fortis, em Bruxelas, escolheu a portuguesa OLI para equipar os seus espaços de banho.

Para cumprir os níveis máximos de eficiência hídrica, este projecto, “jóia arquitectónica” e edifício passivo que atende aos mais altos padrões de inovação e desempenho ambiental, seleccionou para as suas casas de banho os autoclismos ultra-eficientes “OLI 120 Plus Sanitarblock”, que garantem uma poupança diária de nove litros, e as placas de comando “SLIM”, em preto soft-touch, com um design contemporâneo e uma estética depurada.

Localizado em Warandeberg, no coração da capital belga, o edifício ocupa uma área de mais de 100 mil metros quadrados e acolhe 4.100 postos de trabalho, tornando-se num dos maiores edifícios de escritórios da Bélgica.

A arquitectura, assinada por Baumschlager Eberle Architekten, Styfhals & Partners e Jasper-Eyers, destaca-se pela fachada ousada e futurista composta por colunas verticais, com minerais verdes provenientes de uma pedreira norueguesa, que contribuem para a singularidade de cada coluna, dando à fachada um aspecto mineral que evolui com a luz do sol. Em Março, a nova sede do banco BNP Paribas Fortis foi distinguida com o prémio “MIPIM 2022”, na categoria “Best Office and Business Development”.

Com esta prescrição, a OLI reforça a sua presença em projectos de referência internacionais, que se caracterizam pela inovação da arquitectura e da construção sustentável.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Empresas

Inlife abre candidaturas a 45 estágios de Verão

Startup portuguesa vai receber estudantes de várias nacionalidades, cuja experiência terá início em julho, numa duração de 12 a 14 semanas a tempo inteiro

tagsInlife

A Inlife, startup portuguesa especializada no arrendamento de alojamento a médio e longo prazo, quer dar a jovens e estudantes a oportunidade de trabalhar no ramo imobiliário, desenvolvendo capacidades na área das vendas, do marketing e das operações, através de estágios de verão remunerados.

Nesse sentido, até ao fim do mês de Maio, a startup estará em processo de recrutamento para este programa. A experiência terá início em Julho, com duração de 12 a 14 semanas a tempo inteiro. Durante este período, os jovens vão passar por diferentes tarefas e adquirir competências práticas em gestão, comunicação e negociação, acompanhados pelo chefe de equipa.

As 45 vagas disponíveis estão distribuídas pelos países onde a Inlife está presente, Portugal, Espanha e Itália, sendo que para cada um destes países há quinze vagas disponíveis.

Nos três meses a trabalhar com a startup, os estudantes vão ter oportunidade de assumir funções com os potenciais senhorios, sobretudo através de telefone ou videochamadas, para vender e fechar negócios, e também com potenciais inquilinos, acompanhando e assegurando a continuidade do processo de reserva para as duas partes.

Os candidatos a estes estágios terão de responder a alguns critérios de selecção para que possam assumir as funções previstas nesta experiência, como falar fluentemente inglês, uma vez que a startup recebe inquilinos de todas as partes do mundo, e ser nativo em espanhol, italiano ou português. Além disso, devem ainda ser estudantes ou recém-licenciados na área dos negócios, marketing, economia, comunicação, turismo, hotelaria ou numa área relacionada.

Os candidatos deverão enviar o currículo para o email dos recursos humanos da Inlife ou proceder à candidatura através do site oficial da marca.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Empresas

Isover apresenta a nova identidade Climaver 360

Todos os produtos da gama passam agora a usufruir da Declaração Ambiental de Produto do tipo III. Nesta gama foi, ainda, reduzido em mais de 50% a pegada de CO2 dos produtos

No âmbito do processo de melhoria contínua dos seus produtos, a Isover passa a ter uma nova identidade para a gama Climaver de condutas autoportantes de lã mineral de vidro para climatização. O novo conceito Climaver 360, apresentado pela marca da Saint-Gobain, traduz a preocupação da insígnia com a sustentabilidade dos seus produtos e, em particular, com a promoção de uma economia circular.

Todos os produtos da gama passam agora a usufruir da Declaração Ambiental de Produto do tipo III, ou seja, verificadas externamente por uma entidade independente. Nesta gama foi reduzido em mais de 50% a pegada de CO2 dos produtos face às versões anteriores.

Paralelamente, o tecido Neto foi melhorado, passando a ser mais compacto e apresentando melhor aderência à camada de lã mineral, o que, por conseguinte, melhora as operações de corte. Também o acabamento destes produtos passa a ser mate, de modo a melhorar o conforto visual para o aplicador, diminuindo o encadeamento em caso de forte iluminação. De salientar que os produtos anteriores são compatíveis com esta atualização da gama.

“A Saint-Gobain é, sem dúvida, um interveniente importante na construção sustentável. O Climaver 360 da Isover traduz o nosso desejo de permanecer na vanguarda do setor” sublinha Rita Bastos, directora de Marketing da Saint-Gobain Portugal – Isover, Placo e Weber.

De acordo com o Grupo, a  aposta reflecte o compromisso da Saint-Gobain com a inovação e reafirma a identidade inovadora do Grupo.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Empresas

A aposta da PPG Dyrup em exteriores

Para ajudar na renovação dos espaços exteriores, a PPG Dyrup seleccionou um conjunto de produtos que vão fazer a diferença no cuidado do mobiliário de exteriores em madeira, das piscinas e decks

CONSTRUIR

A nova tinta para Piscinas PPG é a solução mais recente da gama pavimentos, que irá ajudar a renovar piscinas, fontes decorativas e depósitos de água não potável, de forma a melhor prepará-las para o contacto permanente com o meio aquático. Este produto, de base solvente, formulado de forma especifica, a partir de uma resina de borrada clorada, pode ser aplicado em betão e alvenaria, dando-lhes um acabamento liso e acetinado. De fácil aplicabilidade, é resistente a ácidos e totalmente resistente à água. Actualmente, o produto Piscinas pode ser adquirido na cor azul.

No cuidado com o mobiliário de jardim, sejam mesas, bancos ou baloiços, o Bondex Teca está em destaque. Preparado para proteger e manter saudáveis as madeiras tropicais ou exóticas, este produto permite um grande poder de penetração, conferindo-lhes uma protecção contra chuva e vento, agindo ainda como um forte repelente de água. Este tipo de produto permite que a madeira mantenha as suas características naturais, tal como o seu equilíbrio.

A pensar no segmento do it youself, existem alguns passos que podem fazer toda a diferença, não só no aspecto da madeira em si, mas em todas as superfícies em que uma protecção e tratamento extra possa ser solução eficaz, tais como portas, alpendres e pérgulas. Um deles é o verniz sintético Intempérie, um produto especialmente concebido para madeiras de todo o tipo, tanto interiores como exteriores, que sejam sujeitas a temperaturas rigorosas, chuva, vento ou até raios solares. Tendo resinas alquídicas na base da sua fórmula, é de fácil aplicação e confere um efeito brilhante, longo e duradouro à madeira.

Para um melhor desempenho das madeiras, e antes da aplicação de Bondex, a primeira opção a considerar é a aplicação de Xylophene Hydro, um produto de tratamento preventivo e curativo para madeira, que funciona como insecticida, fungicida e antitérmitas. De base aquosa e incolor, este poderá ser aplicado como revestimento, por pulverização e injecção, sem alterar a cor natural da madeira. Pode ser aplicado em madeiras de construção estrutural – madeira localizada sob a cobertura afastada da humidade – e para molduras de madeira ou trabalhos de marcenaria.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Empresas

Otovo entra em Portugal e contrata Manuel Pina

Com a entrada em Portugal, a Otovo reforça a sua liderança como fornecedor número um de soluções solares residenciais na Europa

CONSTRUIR

 A Otovo, o principal marketplace da Europa para instalações solares e baterias residenciais, entrará em Portugal dentro de um mês, tendo contratado Manuel Pina, ex-director geral da UBER em Portugal, para liderar a operação portuguesa desta plataforma fundada na Noruega em 2016.

Com acesso a mais de 500 empresas de instalação, a empresa já ajudou mais de 11 mil famílias europeias a fazer a transição para energia solar doméstica em sete mercados europeus.

As instalações solares que os europeus já contrataram através da plataforma Otovo vão reduzir 600 mil toneladas de CO2 na sua vida útil e a empresa planeia aumentar o volume de vendas anual em 8 a 9 vezes até 2025.

Portugal é o oitavo país a receber a empresa norueguesa, cotada na Euronext Growth com uma capitalização bolsista de cerca de 350 milhões de euros.

“A nossa entrada em Portugal foi uma decisão natural. É um país na vanguarda da transição energética, com mais de 300 dias de sol por ano, portanto um dos países da Europa que mais podem beneficiar da energia solar”, reforça Andreas Thorsheim, CEO da Otovo.

Segundo o CEO da empresa, “com o preço da energia a disparar, os portugueses podem fazer poupanças significativas e ao mesmo tempo reduzir a emissão de gases poluentes causados ​​pelas soluções energéticas tradicionais. Queremos ajudar Portugal a atingir o seu potencial energético solar.” O mercado solar residencial do País espera mais de 30 mil instalações em 2022, crescendo mais de 50% desde 2019.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Empresas

MELOM lança projecto Casa de Sonho Eco

Com o Casa de Sonho ECO, a marca passa a dispor de packs ecológicos para moradias mais sustentáveis e com ganhos resultantes de um menor consumo de água potável e uma factura energética mais baixa

CONSTRUIR

Depois de, em 2021, o número de pedidos no projecto Casa de Sonho, um serviço chave na mão que assegura o licenciamento e construção de moradias, ter registado um crescimento de 16,8% face a 2020, a MELOM, lança agora o projecto Casa de Sonho Eco, que aposta em casas mais eficientes, através de soluções amigas do ambiente.

Assente na importância de melhorar a qualidade e aproveitamento das habitações, a marca passa a dispor de packs ecológicos para moradias mais sustentáveis e com ganhos resultantes de um menor consumo de água potável e uma factura energética mais baixa. O valor dos packs acresce ao preço base da construção da moradia, com a MELOM a prever um retorno estimado a partir do terceiro ano da instalação das respectivas soluções.

A Casa de Sonho Eco materializa-se assim em soluções ecológicas e económicas para adaptar a construção de moradias a um futuro mais verde. Alicerçado ao projecto de construção de raiz de moradias unifamiliares com serviço chave na mão, foram desenvolvidas soluções para tornar estas construções mais ecológicas e eficientes, com garantias de eficiência ecológica longo da vida da habitação. O projecto é composto por packs com soluções ecológicas, das mais simples às mais complexas, como é exemplo os materiais de construção, a opção de um painel solar para um piso radiante ou até o aproveitamento de água das chuvas.

“Enquanto líderes do sector de obras residenciais em Portugal, temos a responsabilidade de sensibilizar os nossos clientes para uma mais eficiente utilização dos recursos naturais e energéticos. O projecto Casa de Sonho, no qual a MELOM disponibiliza modelos de moradias de sonho, assegurando a grande maioria das soluções, tem como objectivo principal proporcionar aos clientes ganhos de tempo, desde o projecto à entrega das casas. Nesse sentido, incluir soluções amigas do ambiente é algo imprescindível, sendo nosso foco sensibilizar todos os nossos clientes para esta questão que contribuirá para termos casas melhores e mais eficientes”, salienta João Carvalho, co-fundador da MELOM.

O responsável ressalva ainda que “apesar de não estarmos a falar de casas auto-sustentáveis, acreditamos que este projeto nos ajudará a desmistificar e democratizar as soluções de eficiência energética e redução da pegada carbónica de forma simples, através da introdução de packs ecológicos que adicionamos às nossas moradias”.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Empresas

Cushman & Wakefield reforça estrutura directiva

A consultora Cushman & Wakefield, anuncia a reestruturação da sua equipa de gestão, com a promoção de dois elementos sêniores da equipa de Investimento: Paulo Sarmento e David Lopes

CONSTRUIR

Paulo Sarmento, que se dedicava, em exclusivo, à área de Capital Markets, passa agora a Head of Transactional Services, um novo cargo, criado para garantir a gestão das áreas transaccionais da empresa, que integram as áreas de Capital Markets, Escritórios, Retalho e Industrial & Logística). “Os directores de cada uma destas linhas de serviços mantêm-se. O objectivo desta transição visa potenciar as sinergias entre os vários departamentos da consultora com base numa visão holística do negócio imobiliário e na partilha de uma liderança comum”, explica a consultora.

David Lopes é também um dos colaboradores a ascender no quadro da consultora imobiliária, passando de gestor da área de Retail & Business Space Investment, na divisão de Capital Markets, à liderança do departamento. David torna-se assim Head of Capital Markets, acumulando a responsabilidade pela gestão das áreas de Hospitality e Development & Living.

Ambos os colaboradores possuem uma experiência significativa no sector imobiliário, bem como na história da Cushman Wakefield. Paulo Sarmento detém um MBA pela Universidade Nova de Lisboa e uma carreira profissional de 35 anos, 26 dos quais no sector imobiliário, com cargos internacionais em Portugal, Brasil e Inglaterra, tendo-se juntado à consultora em 2018.

Por sua vez, David Lopes ingressou na Cushman & Wakefield, em 2005, no departamento de Industrial & Terrenos. Passou ainda pelo departamento de Avaliação & Advisory, e liderava agora as equipas de Retail Investment e de Business Space Investment em Capital Markets, Um percurso de ascensão que iniciou após seus estudos em Lisboa e na República Checa, tendo também, em 2009, realizado uma pós-graduação em gestão e finanças imobiliárias, pelo ISCTE, e recebido a acreditação de Membro do Royal Institution of Chartered Surveyors (RICS).

“Estas nomeações demonstram o empenho da Cushman & Wakefield Portugal em agregar, ainda mais, as suas áreas de actuação, proporcionando aos clientes um serviço holístico e integrado”, justifica Eric van Leuven, Diretor Geral da Cushman & Wakefield em Portugal.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Empresas

Laskasas na ICFF em Nova Iorque

A edição de 2022 decorre entre os dias 15 e 17 de Maio e irá acolher mais de 600 marcas a nível internacional entre elas a marca de mobiliário português, Laskasas, que estará presente no certame pela primeira vez

CONSTRUIR

A ICFF – Internacional Contemporary Furniture Fair, um dos certames internacionais que dita as tendências para o design de mobiliário, está de volta ao Javits Center em Nova Iorque. A edição de 2022 irá acolher mais de 600 marcas a nível internacional, entre os dias 15 e 17 de Maio. Pela primeira vez a marca de mobiliário português, Laskasas, estará presente.

“Esta é uma oportunidade única de elevar, não só a Laskasas e o seu trabalho a nível internacional, mas de todo o mobiliário português. É uma montra directa que motiva a exportação do nosso desing e reforça a qualidade das matérias primas do nosso país. Acreditamos que esta é a primeira de muitas presenças que nos vão trazer muito bons resultados”, afirma Celso Lascasas, CEO da Laskasas.

A nona edição da feira tem como tema “Sensory Designs”, que remete para o facto de as peças de decoração e mobiliário, de alguma maneira, estimularem os sentidos do seu utilizador, por norma, através da conjugação de elementos visuais ou até de texturas que elevam a experiência sensorial.

A Laskasas estará presente no stand número 345, focando-se em dar a conhecer, não só o seu trabalho e a presença no mercado internacional, mas também as peças da sua nova coleção, lançadas no início de 2022. Dentro do catálogo de mais de 450 peças, quem passar pela ICFF poderá encontrar, presente no stand, algumas das peças icónicas da colecção de 2022 como o Aparador Ralph, a Floreira Lanie, o Candeeiro de Mesa Clarke, a Cabide Ben, a Base de TV Norman, o Tabuleiro Tim, o Candeeiro de Pé Evans, o Móvel de Apoio Ryan e ainda o Sofá Fletcher. São peças onde a combinação ímpar dos materiais utilizados, que vão desde as madeiras naturais com os veios marcados aos metais – uma das fortes apostas deste ano – passando pela utilização do mármore em combinações improváveis.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Empresas

Portugal Railway Summit 2022

A PFP – Plataforma Ferroviária Portuguesa, Cluster da Ferrovia, volta a organizar o “Portugal Railway Summit”, nos dias 16 e 17 de Maio de 2022, no Terminal de Cruzeiros de Leixões, Matosinhos

CONSTRUIR

A PFP – Plataforma Ferroviária Portuguesa, Cluster da Ferrovia, volta a organizar o “Portugal Railway Summit”, nos dias 16 e 17 de Maio de 2022, no Terminal de Cruzeiros de Leixões, Matosinhos.

Num contexto de grande expectativa quanto ao futuro do sector Ferroviário, este evento terá como foco os planos de investimento que se avizinham e os desafios ecológicos que é preciso enfrentar, proporcionando a discussão de prioridades e a apresentação de novas perspectivas de inovação ferroviária.

Ao longo dos dois dias de encontro terão lugar seis painéis. O primeiro dia será dedicado ao tema “Investimentos Nacionais e Internacionais” e às “Inovações e Desafios Tecnológicos”. No dia 17 de Maio a “Intermodalidade” e o “Fórum de Clusters” dominaram os trabalhos. O segundo dia do encontro reserva ainda tempo para as pitching sessions e interacção B2B.

O Portugal Railway Summit, é o fórum de discussão anual das tendências do sector Ferroviário, e local privilegiado para a criação de oportunidades de negócio e parcerias estratégicas focadas nos tópicos definidos pelo ERRAC, e pela Agenda Estratégica de Investigação e Inovação Ferroviária (SRIA), “RAIL 2030 – Research and Innovation priorities”: Digitalização, Automação, Nova Mobilidade Soluções, Mobilidade Mais Verde e Sustentável. Ferrovia, a espinha dorsal da Mobilidade 2030.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos
Empresas

Eurofred marca presença no CIAR 2022

Com o mote “Actuar hoje pelo amanhã”, o evento é uma organização da EFRIARC, em conjunto com o LNEC e a Casa da América Latina e acontece de 4 a 6 de Maio

CONSTRUIR

A Eurofred vai marcar presença, pela primeira vez, no XVI CIAR 2022 (Congresso Iberoamericano de Ar Condicionado e Refrigeração), que irá ter lugar de 4 a 6 de Maio de 2022, no Centro de Congressos do LNEC. O evento visa promover o conhecimento, debate técnico e científico nos domínios do aquecimento, ventilação, ar condicionado e refrigeração envolvendo investigadores, académicos e profissionais e reúne profissionais de engenharia, fabricantes, decisores políticos, autoridades governamentais, investigadores e académicos de vários locais do mundo.

A presença da Eurofred no evento reforça o papel da companhia nas áreas de sustentabilidade correlacionado com as soluções e tecnologias que disponibiliza. Com uma presença na área expositiva do congresso, a Eurofred junta-se ao debate sobre a qualidade do ambiente indoor e refrigeração onde o ar condicionado está no centro do desenvolvimento sustentável.

Segundo, Santiago Perera, Iberia & Latam business director da Eurofred “a nossa presença no CIAR 2022 vem comprovar a nossa aposta e compromisso no desenvolvimento de soluções de alto desempenho e sustentáveis que respondam a compromissos ambientais e a políticas de CSR que enquanto entidade nos obrigamos a cumprir”.

Em média, passamos 90% do nosso tempo em espaços interiores e estes, segundo a OMS, estão 5 a 10 vezes mais contaminados que o exterior. Neste âmbito, a Eurofred apresentou o Split de parede AGIO da Daitsu que dispõe de um sistema específico de purificação do ar que inclui 3 filtros – antipó, foto catalítico e multifunção – capazes de reter pó, odores, bactérias e vírus. O equipamento conta ainda com a função de purificação Cold Plasma, que decompõe os elementos patogénicos (vírus ou bactérias) através de descargas elédtricas nas moléculas do ambiente. O resultado é um ar interior mais limpo e saudável.

O novo Split AGIO da Daitsu utiliza o novo gás refrigerante R32, muito mais eficiente e sustentável. Entre as suas principais características: o seu potencial de aquecimento global (GWP) representa um terço em relação aos actuais modelos com gás R410A; a temperaturas exteriores baixas, consome menos energia e emite menos emissões; é um gás 100% puro, muito mais barato e fácil de reciclar; os equipamentos utilizam menos 30% de carga de gás e, por ser ecológico, tem uma carga fiscal mais baixa e a sua manutenção em caso de fuga é 3 vezes menor.

Na oferta de purificação, a Eurofred apresenta, ainda, a gama Purifier, de reduzidas dimensões que elimina germes, partículas e odores de forma fácil e cómoda. Com uma cobertura de espaços até 20 m2 (CADR 118) e até 55 m2 (CADR 420), dispõe de filtragem de elevada eficiência, e inclui pré-filtro e filtro de carbono ativo. Ambos contam com filtro HEPA que consegue captar e reter partículas iguais ou superiores a 0,3 micras de diâmetro com 99,97% de efectividade.

Ainda no que diz respeito à sustentabilidade e politicas de CSR, a empresa tem como objectivo apagar a pegada de carbono, “como um exemplo essencial e tangível do respeito pelo ambiente”. Neste sentido, “todos os anos são calculados e compensados 100% das emissões de CO2 ao plantar árvores em áreas danificadas pelo fogo como parte do compromisso da marca com o planeta”.

A marca tem como política reduzir as suas emissões e nesse sentido está já a trabalhar na substituição de veículos antigos por uma frota de carros híbridos e elétricos. Também tem vindo a implementar a utilização de luzes LED nos escritórios bem como, a utilização de materiais reciclados.

“Aos dias de hoje, a Eurofred contribuiu para a reflorestação de um total de 79 hectares com 61.600 árvores plantadas, absorvendo 4.800 toneladas de CO2. Em Portugal, e graças às acções de reflorestação realizada até à data na zona de Abrantes, há já compensação das suas emissões até 2036”, reforça.

Sobre o autorCONSTRUIR

CONSTRUIR

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 CONSTRUIR. Todos os direitos reservados.