Edição digital
Assine já
    Grupo Mota-Engil
    Mota-Engil com trimestre “histórico”

    Nos primeiros três meses do ano o Grupo Mota-Engil registou um Volume de Negócios de 1.352 M€ (+7%), um EBITDA de 196M€ (+22%) e um Resultado Líquido de 20M€ (+54%), alcançando o seu melhor desempenho num primeiro trimestre. Em linha com o crescimento está também a sua carteira de encomendas que alcançou um resultado “histórico” de 14MM€

    Mota-Engil mais perto de atingir as metas de 2026

    O volume de negócios do grupo registou em 2023 um crescimento de 46%, tendo aumentado a margem EBITDA para 15%, tendo alcançado um resultado líquido recorde de 113 milhões de euros (+120%). Projectando o futuro, o grupo teve o 2.º melhor ano de sempre em angariação comercial com 6 mil milhões de euros angariados em 2023, mantendo a carteira de encomendas em níveis recorde que permitirá manter o crescimento e suportar os patamares inéditos de execução alcançados em 2023

    Mota-Engil fecha novo contrato no Peru

    A Mota-Engil Peru fechou um novo contrato, no valor de 115 milhões de euros, no âmbito do projecto de Las Bambas, comunicou o grupo à CMVM

    Mota-Engil com recorde de 2.558M€ no volume de negócios

    Crescimento de 89% no Volume de Negócios e manutenção dos níveis recorde da Carteira de Encomendas permite rever em alta as vendas no final do ano para 5 mil milhões de euros. Estes são os melhores resultados, dos últimos 7 anos, da construtora

    Novo contrato em África reforça carteira da Mota-Engil em 840 M€

    A participada do grupo para a região, a Mota-Engil Nigeria, assinou um contrato para fornecimento e financiamento de material circulante ferroviário na Nigéria. O novo contrato surge depois de em Junho ter sido adjudicado ao grupo um conjunto de trabalhos em África, obras que, no global, estão avaliadas em 650 milhões de euros

    Mota-Engil vai construir mais três linhas de metro no México

    Em consórcio com a China Railway Rolling Stock Corporation, CRRC, a Mota-Engil México assinou um contrato para a realização de um projecto ferroviário avaliado em 1,3 mil milhões de euros

    Grupo Mota-Engil compra 20% da participada angolana por 24M€

    O Estado angolano concluiu o processo de privatização dos 20% do capital social que tinha na Mota Engil Angola. Fazendo jus do direito de preferência, o Grupo Mota-Engil detém agora 71% do capital social da construtora angolana

    Navegue

    Sobre nós

    Grupo Workmedia

    Mantenha-se informado

    ©2021 CONSTRUIR. Todos os direitos reservados.