Edição digital
Assine já
    renda acessível
    Câmara do Porto já colocou no mercado 300 habitações para renda acessível

    Através desta ferramenta, e por via da reabilitação, a SRU Porto Vivo prevê mais 21 novos fogos em 2024, 59 em 2025 e, no ano de conclusão do programa, 178, a maior fatia do triénio considerado

    Lisboa: Mais 68 fogos para renda acessível no Loteamento das Forças Armadas

    Dos 476 fogos previstos para este Loteamento, a Câmara já cumpriu cerca de metade do objectivo, o que se traduz 220 já construídos ou em fase de conclusão. Com um valor de empreitada de mais de 9 M€, a construção está a cargo do Grupo Casais

    Renda Acessível: Operação no Paço da Rainha passa a ser inteiramente pública

    Além do Paço da Rainha, para o qual já está a ser estudado um novo modelo de concessão, também para Benfica e Parque das Nações está a ser pensado “um novo modelo que possa ser atractivo para os promotores privados”

    IHRU tem 20 M€ para aquisição de habitações em Lisboa, Porto e Algarve

    O IHRU – Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I.P., lançou uma consulta ao mercado para aquisição de prédios e fracções habitacionais nas áreas metropolitanas de Lisboa, Porto e da Região do Algarve

    IHRU vai investir mais de 30 M€ em dois novos empreendimentos para Renda Acessível

    O IHRU abriu dois novos concursos destinados à concepção de dois novos empreendimentos em Almada e Setúbal. Os dois empreendimentos irão criar um total de 198 fogos, destinados ao Arrendamento Acessível

    Conversão de imóveis das Defesa cria 1379 fogos para renda acessível

    O Governo vai transformar edifícios militares devolutos em habitação com renda acessível por um período de 75 anos, ao longo do qual estima-se que sejam canalizados cerca de 110 milhões de euros, a favor de projectos de conservação, manutenção, segurança, modernização e edificação das infraestruturas

    IHRU lança concursos para projectos de 164 habitações em Almada

    Alargamento da oferta habitacional para arrendamento acessível prevê um investimento de mais de 20,8 milhões de euros para elaboração de projectos e construção de habitações

    Governo baixa IVA na construção, mas apenas para habitação de renda acessível

    Governo baixo o IVA na construção de 23% para 6%, mas apenas quando a finalidade são casas de renda acessível. A redução do IVA é aplicada que fiquem no mercado de arredamento pelo menos 25 anos, segundo o novo diploma

    Projecto do Alto Restelo terá um investimento de 80 M€

    Projecto de habitação de acessível para o Alto Restelo terá financiamento e promoção totalmente municipal e irá custar 80 M€

    Segunda consulta ao mercado do Renda Segura recebe 107 candidaturas

    Do total de candidaturas, 40 são provenientes do Alojamento Local, com mais incidência no centro histórico de Lisboa

    Navegue

    Sobre nós

    Grupo Workmedia

    Mantenha-se informado

    ©2021 CONSTRUIR. Todos os direitos reservados.