AICCOPN marca presença na FIHAV2016 em Cuba

Por a 28 de Outubro de 2016
Crédito: www.cubaonthefly.com

Crédito: www.cubaonthefly.com

A Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN) anunciou que vai marcar presença em Cuba, acompanhando o Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, na sua visita oficial a este país das Caraíbas.

Em comunicado de imprensa, a AICCOPN reconhece “a importância estratégica deste país para o sector da construção e do imobiliário”, motivo pelo qual participará na 34.ª Feira Internacional de Havana, que se realiza de 31 de Outubro a 4 de Novembro e que, pela primeira vez, conta com um pavilhão dedicado, em exclusivo, a Portugal, no qual estarão representadas cerca de 40 empresas e outras entidades nacionais.

Esta participação insere-se num conjunto de iniciativas incluídas no projecto GPC – Global Portuguese Construction, co-financiado pelo Compete 2020, através do qual a associação pretende “promover internacionalmente a indústria da construção protuguesa, apresentando-a sob uma marca única, distinta, colectiva, facilmente identificável, enquanto representante da experiência e “know-how” das empresas nacionais”.

O principal objectivo deste projecto consiste, segundo a AICCOPN, em facilitar “o trabalho em rede, promover a complementaridade entre as diferentes especialidades e, desta forma, simplificar os processos de internacionalização”.

De acordo com esta nova estratégia da associação, a América Latina, “pelas potencialidades que tem para o sector da construção e do imobiliário, assume especial relevância, apresentando oportunidades de negócio, com um potencial extraordinário para todo o tecido empresarial desta vasta fileira”.

Com esta iniciativa, a AICCOPN “assume o papel de “embaixadora” da construção portuguesa em Cuba”, visando estabelecer “pontes” que permitam contribuir para uma maior aproximação das empresas suas associadas, com expectativas de internacionalização, na abordagem, a um mercado que está a despertar, “em face da progressiva abertura política e económica deste país”.

A acção conta também com a participação do secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, que integrará várias acções contempladas na agenda desta visita, “com especial incidência no âmbito do segmento da reabilitação urbana e infra-estruturas”. Para além da presença na feira, estão ainda previstas visitas a grandes obras em curso, reuniões com potenciais parceiros de negócio, celebração de acordos e protocolos e encontros com autoridades locais.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *