Lucros da Sacyr sobem no primeiro trimestre

Por a 3 de Junho de 2005

Logo sacyr

O Grupo Sacyr Vallehermoso, que desde 2004 controla a totalidade da Somague, atingiu os 144 milhões de euros de lucro no primeiro trimestre de 2005, uma cifra que representa a duplicação dos valores em relação a igual período do ano passado.

De acordo com o relatório de contas daquela que é considerada como a quinta maior construtora espanhola, face ao primeiro semestre de 2004 houve um crescimento de cerca de 111,7 por cento, sendo que até Março do ano transacto os resultados estavam cifrados em cerca de 68 milhões de euros.

A redução verificada na vertente da construção (o volume de negócios nesta área decresceu de 442,3 milhões para 432,8 milhões, o equivalente a 2,1 por cento), assegurada em Portugal pela Somague, é explicada pela empresa com a redução do nível de actividade em Portugal. A empresa justifica que as obras da responsabilidade da Sacyr cresceram 5,2 por cento.

De acordo com o documento apresentado pela empresa espanhola, o resultado bruto operacional (EBITDA) relativo aos primeiros três meses deste ano, aumentou 38,1 por cento, fixando-se agora em 199,9 milhões de euros. A carteira de encomendas da empresa teve também um aumento considerável, de cerca de 26,6 por cento.